Assassinos são condenados a 28 anos de prisão

Antônio Carlos Barbosa dos Santos e Everildo Moura Santos foram julgados na manhã de sexta-feira

Juri Popular

A Justiça condenou a 14 anos de prisão em regime fechado, Antônio Carlos Barbosa dos Santos e também 14 anos, Everildo Moura Santos, pelo crime de homicídio. O Júri Popular, ocorreu na manhã de sexta-feira, 18, sendo eles acusados do assassinato de Ronaldo Wilgrey Souza, no dia 1º de abril deste ano.

Os dois criminosos perseguiram a vítima naquela noite e esfaquearam na cabeça. Souza voltava da empresa em que trabalha e teve uma pedra arremessada no parabrisa dianteiro do carro. Ao perceber a emboscada, ele correu por, aproximadamente, 800 metros e entrou no quintal de uma casa, na rodovia Ivo Silveira, em frente a Quimisa para pedir socorro.

Neste momento, os dois assassinos, em uma motocicleta, foram até os fundos da casa e atingiram Souza com três facadas na região do pescoço e peito.

Aos condenados, foi negado o direito de recorrerem em liberdade, continuando os dois recolhidos na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *