Notícia de Beltranas

Instruções às avessas

Minhas leituras ultimamente se voltam para as questões que permeiam este estado atual, onde o isolamento e a necessidade de expor ilusões de felicidade, aparentemente ditam os comportamentos. Procurando algumas conexões para minha urgência em desmantelar essa conduta social repetitiva e condicionada, acabei por me deparar com dois autores. O primeiro, Paul Watzlawick, teórico e psicólogo austríaco em seu livro “Sempre pode piorar ou A arte de ser infeliz”, e

As Sufragistas

Aproveitando a data – hoje é o dia da conquista do voto feminino no Brasil, que foi legalizado em 1932… trazemos para o blog beltrano a resenha sobre o filme As Sufragistas.   A gente vê notícias sobre os países fundamentalistas muçulmanos e pensa… “nossa, como é que essas mulheres podem viver assim, sem direitos, sem escola, com essas burcas?” Esquecemos de rever a nossa própria história ocidental, em que

Aung San Suu Kyi

Alguns seres humanos que passam por esse mundo são donos de histórias inspiradoras a ponto de arrepiar. Mahatma Gandhi, Martin Luther King, Dalai Lama, Nelson Mandela são alguns nomes dessas grandes personalidades que sacrificaram suas vidas em nome da liberdade. A talvez menos conhecida Aung San Suu Kyi, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 1991, tem uma história tão impressionante quanto. Considerado um herói nacional no Myanmar, seu pai,

Tempo de água de coco!

A água de coco vem ganhando espaço no mercado como uma bebida de vasto potencial comercial, pois, além de ser um produto natural, possui baixo teor calórico (cerca de 50 calorias), considerável valor nutricional e apresenta aroma e sabor suaves e agradáveis. Ela é composta por água, açúcares, vitaminas (A, B1, B2, B5, C) e sais minerais (potássio, sódio, fósforo, magnésio), sendo apresentada com substituta às bebidas utilizadas para reidratação

Evoluções (?) não tão legais da moda

  Não, não sou blogueira e tampouco entendo de moda. Conheço superficialmente sua história, mas, gosto de ver como ela move as pessoas, dita comportamento, faz história e transforma uma ideia em algo que pode se tornar uma unanimidade nas revistas, desfiles, lojas de grife, araras de magazines, nas ruas, enfim, nos dias e noites dos mortais. Amo, inclusive, acordar, abrir meu guarda-roupa e escolher aquilo que, sim, não minto,

Isso é coisa de criança

- Super-heróis têm que se machucar, sabia mãe? – Por quê? – Pra saberem que são fortes, ué!  Terrifiquei e fui longe. Imaginei as mais arriscadas peripécias dele para se tornar um super-herói. Ao passo que o principal estava na obviedade daquela fala. Para ser audaz, paladino, valente, temos que provar. Não basta o querer ser, na fé, na intenção, na ideia, terás que demonstrar, terá de ser fato. Mas,

Quem são as Beltranas?

Quem são essas mulheres que habitam o tempo de hoje e que estão chegando agora também a estas páginas eletrônicas?  São trabalhadoras em todas as áreas, são mães, são estudantes. São observadoras e agentes do mundo, protagonistas de uma história que vai sendo escrita conforme a vida se desenrola. As beltranas têm opinião. Não que seja uma “opinião formada sobre tudo”, mas é um tipo de opinião tipicamente feminina, que