Notícia de Prancheta

Prancheta: diretoria do Brusque marcou um gol de placa

O Brusque teria uma renda maior se vendesse o jogo contra o Corinthians para os mais recôncavos estádios do Brasil. Mas aí, venderia também sua dignidade. Venderia a esperança de avançar de fase. Venderia suas quatro cores e seu maior patrimônio, a torcida. Colocaria a leilão seu hino, seu escudo, sua história. Mas não vendeu. Peitou as propostas robustas. Ignorou críticas maldosas ao Augusto Bauer – que terá que ter

Prancheta: Bruscão tenta amansar Leão nesta quinta-feira

Foram de extrema importância as duas vitórias seguidas do Bruscão na última semana. Agora o elenco vai com confiança para enfrentar o tradicional Remo, o Leão do Pará, na quinta-feira, 16, pela Copa do Brasil. Seja lá o que Pingo tenha conversado com seus comandados, deu resultado. A simples mudança tática colocando dois atletas na frente, fazendo o que pode ser chamado de ‘feijão com arroz tático’, 4-4-2, já deu

Prancheta: reviravolta no Bruscão

Do céu ao inferno em uma semana. Essa foi a trajetória recente de Mauro Ovelha, agora ex-técnico do Brusque Futebol Clube. Da vitória importante contra o Figueirense no Scarpelli até a segunda derrota consecutiva no Catarinão – que custou seu emprego – apenas oito dias se passaram, mas nesse meio tempo, aparentemente, ele perdeu as rédeas do grupo. A expulsão irresponsável de Alexandre Carvalho no jogo contra o Metropolitano colocou

Prancheta: Torcedor do Bruscão tem um time para torcer

O partidaço que o Brusque fez contra o Figueirense mostrou para o torcedor quadricolor que, no mínimo, há um time competitivo. Não foi uma vitória na sorte, tampouco injusta. O time de Ovelha tem organização tática e o experiente treinador provou que sabe estudar a partida. Foi em suas mexidas que o Bruscão conquistou a virada para cima do time da capital. Ele observou que o Belusso sozinho não ia

Prancheta: Colorados, a queda para a Série B não é o fim do mundo!

Colorados, consolem-se uns aos outros. Façam um grupo de autoajuda para resistirem às provocações adversárias. É a primeira vez que vocês disputam a segunda divisão do futebol nacional, mas a verdade é que não é o fim do mundo. O Inter é muito maior do que a Série B. Só que resta saber qual lição vocês vão tirar deste ‘fundo do poço’. Será a lição do Corinthians, que caiu em

Prancheta: Chapecoense, um exemplo de vida

Estamos nesse mundo só de passagem, mas somos nós que decidimos como essa passagem será. Alguns optam pela mesquinhez, e vivem somente para si mesmos, buscando arrecadar bens materiais e pouco importando se com isso até mesmo as questões de vida ou morte de outrem ficam na berlinda. Outros são mais altruístas, se sentem bem em fazer o bem para os outros, um dos principais ensinamentos de Jesus Cristo no

Prancheta: os motivos de o Palmeiras ter sido campeão

Dezenas de fatores podem ser apontados para definir o título da Sociedade Esportiva Palmeiras. Aí, surgem os matemáticos de boteco e os filósofos de balcão, cada um com sua teoria. Em comum entre os etílicos eruditos estão duas palavras: regularidade e elenco. Regularidade por ter sido a equipe que venceu quando tinha que vencer e foi superado somente quando era aceitável. Não perdeu pontos de bobagem, além de ter garfado

Prancheta: Futebol já está na reta final no Brasileirão, Copa do Brasil e Sul-Americana

O ano passou outra vez como um foguete. Para quem é apaixonado pelo futebol, restam ainda as últimas emoções para saber quem ainda será rebaixado, quem de fato conquista o título do Brasileirão, da Copa do Brasil – e será que a Chape leva essa Sul-Americana? Algumas definições já aconteceram no fim de semana pelo Brasileiro. Na capital catarinense, enquanto um sobe, o outro desce. Com uma arrancada fenomenal, o

Prancheta: Esporte catarinense está na UTI

O esporte em Santa Catarina está hospitalizado, na UTI. Pra piorar, sem dinheiro, depende do SUS. Os sintomas são o desprestígio dos Jogos Abertos, o desrespeito com as competições de base e a simples inexistência da contribuição aos atletas catarinenses. As causas são o excesso de trocas de gerência da Fesporte, o distanciamento de quem administra o esporte dos atletas, a falta de colaboração das federações esportivas com os praticantes

Prancheta: Por que o futebol catarinense ainda é varzeano?

Seria fazer eufemismos dar um outro adjetivo ao futebol catarinense que não seja varzeano. Longe do universo dos cinco times que disputam as séries A e B do Brasileirão e representam menos de 20% do total de clubes profissionais do estado, o trato com o esporte é praticamente amador. Desumano até, como nos exemplos recentes de Marcílio Dias e Operário de Mafra. Na equipe itajaiense alguns atletas estão há três