Notícia de Rosemari Glatz

Biergarten im Frühling: um brinde à alegria em Guabiruba!

Em pleno ritmo de festas de outubro aconteceu em Guabiruba (SC), no último dia 08 de outubro, a primeira edição da Biergarten im Frühling (em português: Primavera no Jardim da Cerveja). O evento trouxe a proposta dos Biergartens tão comuns na Alemanha adaptado para os costumes catarinenses. OsBiergärten da Alemanha são áreas comuns, onde há grandes mesas, usadas para Stammtischs (como as nossas happy hours, reuniões de amigos), almoços, conversas, piqueniques, tudo

Festas de Outubro: um brinde à alegria!

Outubro chegou e está aberta a temporada de festas que remetem à imigração germânica em Santa Catarina. Passados 188 anos desde a chegada dos primeiros imigrantes que alteraram a historiografia do estado, os costumes trazidos pelos alemães permanecem impregnados entre o povo barriga verde, seja na farta alimentação composta por cucas, geleias, compota de frutas, strudel, linguiça, assado de porco, batatinha, dentre outros, além, é claro, do gosto pela boa

Fragmentos da História da Colonização Alemã em SC

Em continuidade às publicações que buscam retratar um pouco da história das colônias alemãs fundadas em Santa Catarina, a coluna de hoje (a última da série que antecede as festas de outubro), tem como tema a Colônia Itajahy (atual Brusque).   A ordem imperial e a colonização de Brusque Em 1860, no mesmo ano em que o mais importante empreendimento da colonização do Itajaí-Açú – a Colônia Blumenau – passava

Fragmentos da História da Colonização Alemã em SC: Joinville

Dando continuidade à série que busca retratar um pouco da história das principais colônias alemãs fundadas em Santa Catarina, o tema de hoje té focado na Colônia Dona Francisca (atual Joinville). O dote de casamento da Princesa Dona Francisca A Colônia Dona Francisca é resultado do dote que a Princesa Dona Francisca Carolina tinha direito pelo princípio consuetudinário, em que cada consórcio em uma família real implicava no estabelecimento de

Fragmentos da História da Colonização Alemã em SC – Parte III

Dando continuidade à série que visa retratar um pouco da história das principais colônias alemãs fundadas em Santa Catarina, o tema de hoje tem como tema a Colônia de São Paulo de Blumenau (atual Blumenau), a primeira grande colônia alemã do Estado de Santa Catarina. Os primeiros tempos da Colônia Blumenau O objetivo do Dr. Blumenau não era fundar uma colônia de colonos, mas queria, na vasta área por ele

Fragmentos da História da Colonização Alemã em SC – Parte II

Dando continuidade à série que visa retratar um pouco da história das principais colônias alemãs fundadas em Santa Catarina, o tema de hoje aborda a primeira colônia alemã do Estado: a Colônia de São Pedro de Alcântara, fundada na cabeceira do rio Maruim e às margens da Estrada de Lages. A ideia de colonizar o território vinha desde 1793, mas se tornou realidade apenas em 1º de março de 1829.

Fragmentos da História da Colonização Alemã em SC

A partir desta semana e durante todo o mês de setembro, você é nosso convidado para acompanhar a série: Fragmentos da História da Colonização Alemã em Santa Catarina”. A publicação antecede as tradicionais festas de outubro, e visa retratar um pouco da história dos imigrantes e das principais colônias alemãs fundadas no Estado de Santa Catarina. O Brasil foi descoberto em 1500 e quando Portugal se deu conta das inúmeras riquezas brasileiras,

Pe. Alberto Francisco Gattone: síntese de uma trajetória

Falando mais um pouco sobre personagens da história regional, o artigo de hoje é dedicado ao Pe. Alberto Francisco Gattone, que prestou relevantes serviços à Gaspar, Blumenau e Brusque. Filho de João Gerard Ignatz Gattone e de Ernestina Frederica Gerike, nasceu em Schladen (Goslar), bispado de Hildesheim (Alemanha) em 1834. Cursou Filosofia e Teologia, ordenou-se padre no fim de 1858 e foi designado para trabalhar em Hannover. Em agosto de

Buettner: de 1898 à 2016

Eduard Von Buettner, precursor da Buettner S/A Indústria e Comércio, nasceu na Alemanha em 1945. Não se tem uma indicativa dos seus estudos e da sua vivência na pátria-mãe, mas tudo leva a crer, pelas qualidades demonstradas no trato das coisas de comércio e pelos atributos conhecidos, ser uma formação urbana. Não há, também, uma referência ao tempo e das condições de emigração para o Brasil, tendo-se, apenas, que sua

Marcos Konder: Política x Família x Poder

Novo período eleitoral se aproxima. Aos poucos, os candidatos se apresentam ou nos são apresentados. A oportunidade de mudança se faz presente e o futuro está em nossas mãos. Independentemente de cor, raça, credo ou paixão, é indispensável que se faça uma análise crítica de cada candidato que se propõe a dirigir nossa cidade: os candidatos a vereador, a vice-prefeito e a prefeito. Mas não basta que se analise o