Balneário Camboriú vence Barateiro e é campeão catarinense Sub-17

Equipe perdeu por 4 a 2 no tempo normal e jogo foi para prorrogação, vencido por 1 a 0 pelo time litorâneo

IMG_0182

Balneário Camboriú se tornou a pedra no sapato do Barateiro Sub-17. Depois de eliminar o time de Brusque nos Joguinhos Abertos, a equipe do litoral voltou a aprontar, desta vez dentro da Arena. O grupo sagrou-se campeão estadual da categoria após perder por 4 a 2, mas vencer na prorrogação por 1 a 0. No primeiro encontro, em Balneário Camboriú, as adversárias venceram por 4 a 0. Não faltou esforço nem garra por parte da equipe azul e branca, mas alguns talentos individuais do time visitante fizeram a diferença

Gols de alívio

O clima era de total pressão para cima das meninas do Barateiro. A derrota em Balneário Camboriú obrigava o time a vencer, e o cronômetro jogava a favor de Balneário. O tempo corria, e o jogo parecia complicadíssimo para o time da casa. Capitaneado pelo bom desempenho da atleta Ana Luiza, o clube litorâneo jogava melhor no contra-ataque e quase chegou ao gol pelo menos três vezes.

Sorte do Barateiro que isso não aconteceu, e na reta final da primeira etapa os gols apareceram – mas para o time de Brusque. O jogo mudou principalmente depois da entrada de Janaina, que deu mais velocidade e liberou a criatividade do time com suas jogadas individuais. Não a toa, abriu o placar na Arena Brusque. Pouco depois, ela foi lançada na pequena área, tentou o giro, foi derrubada mas Inara chegou completando para as redes: 2 a 0 no placar até o fim do primeiro tempo.

Susto, segunda chance e brilho individual

Um susto dos grandes surgiu logo no início do segundo tempo. Balneário Camboriú entrou a 200 quilômetros por hora e marcou dois gols em pouco tempo. Vanessa marcou o gol que diminuiu o placar, e Ana Luiza chutou cruzado para deixar tudo igual na Arena Brusque.

O poder de reação do Barateiro foi acionado – e se fez presente. Jana, sempre ela, recebeu bola na frente da área e, mesmo marcada por dois, conseguiu girar bonito para botar novamente o time de Brusque na frente. O quarto gol foi no sacrifício. Pequena recebeu na área, foi trombando com a goleira Antônia e conseguiu botar lá dentro. Na sequência do lance, porém, Pequena se machucou e não voltou mais para quadra. O segundo tempo teve ainda um tiro livre para Balneário Camboriú defendida pela goleira Dani.

Na prorrogação, o Barateiro até conseguiu imprimir um início melhor, mas o brilho individual de Ana Luiza fez toda a diferença. Ela recebeu na intermediária e mesmo bem marcada conseguiu fazer o drible e chutar por um túnel, um espaço pequeno entre as defensoras e a rede, para consagrar seu time como campeão estadual da categoria Sub-17.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *