Barateiro vence Female Futsal no primeiro jogo da decisão do Estadual Feminino

Time saiu duas vezes atrás no placar, mas conseguiu virada e, com três gols de Jessika, venceu por 6 a 3

BARATEIRO

Quando as duas maiores equipes de futsal do Brasil se encontram só se pode esperar um belo jogo. Na primeira partida da decisão do Campeonato Estadual de Futsal Feminino não foi diferente. A Female Futsal saiu na frente duas vezes, mas o Barateiro conseguiu a virada e terminou com uma boa vantagem, vencendo por 6 a 3. Agora as equipes se reencontram na próxima quinta-feira, 22, em Chapecó, para definir o título.

Susto e recuperação

O jogo começou melhor para o Barateiro. O time da casa teve mais posse de bola, pressionou e ficou mais tempo no ataque. Contudo, o tempo foi passando e o placar não mudava. Foi aí que as adversárias cresceram e, com apenas uma jogada lá na frente, mudaram o cenário da partida. Em contra ataque mortal, Débora fez linda jogada individual, deixou Diana no chão e tocou pra Micheli, colada na trave, só escorar para fazer.

O tempo foi passando e, mesmo com as boas jogadas da melhor do mundo, Amandinha, a situação não mudava. Até que Caty saiu do banco. Com um toque na bola, ela já quase marcou. Minutos depois ela foi a responsável por botar lenha na fogueira. Ela correu pela esquerda livre de marcação, ninguém a segurou e o chute cruzado foi morrer na rede das chapecoenses.

O placar só não terminou favorável ao Barateiro no primeiro tempo porque a goleira Patrícia estava em momento inspirado, fazendo grandes defesas. Em um dos últimos lances, Amandinha fez lindo cruzamento no alto e Robinha, livre, cabeceou pra fora.

Jessika faz hat-trick

A água gelada caiu sob os ombros das atletas do Barateiro novamente no princípio de etapa. Dessa vez, porém, não dá para dizer que o time da casa tinha o domínio da partida. Diferente do primeiro tempo, as atletas de azul e branco deixaram as adversárias jogarem a vontade perto da própria área. Não demorou para que Brenda marcasse o segundo da Female. Micheli recebeu bola na ponta esquerda, cruzou pro meio da confusão e a camisa 13 chegou fechando pra dentro da meta.

Com o placar desfavorável novamente, o Barateiro acordou. Amandinha, com um belo petardo de fora da área, deixou tudo igual. A virada, apra delírio da torcida presente, veio novamente dos pés da melhor do mundo, com um leve auxílio da cabeça. Ela recebeu bola alta, matou com a testa e completou, na trombada, para dentro das redes.

Imortal, o time de Chapecó reagiu. Novamente no cruzamento e na bobeira da defesa do Barateiro, Brenda chegou completando pro gol. O placar apontava 3 a 3, mas Jessika decidiu que assim não estava bom o suficiente. Com um sutil toque de cobertura, ela marcou o quarto gol e fez a Arena explodir em aplausos. Pouco depois, em bela triangulação, Jessika marcou mais uma vez. A atleta ainda fez um belo gol pouco antes do apito final. Sem goleira – as adversárias apostaram em uma atleta de linha para defender as traves, e as desprotegeram -, a camisa 12 chutou do meio de campo e fechou o placar: 6 a 3 para o Barateiro.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *