Bombeiros são agredidos e ameaçados durante incêndio em residência

Ocorrência no bairro Bateas gerou grande confusão na noite de sábado para os bombeiros e Polícia Militar

Incêndio
-
Crédito: Rodrigo Carreteiro

Dois bombeiros foram agredidos e ameaçados na noite de sábado, 26, na rua Pedro Fantoni, no Bateas. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater um incêndio em uma residência mista e ao chegar no local, os moradores começaram a perturbar o trabalho. Dois dos moradores, que são irmãos, precisaram ser detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.

Segundo relato de um dos bombeiros para a Polícia Civil, ele estava extinguindo as chamas quando recebeu chutes pelas costas e caiu no chão. Outro colega também foi ameaçado com uma enxada.

A Polícia Militar foi até o local para auxiliar os bombeiros e ao fazerem o isolamento da área, os moradores desobedeceram a ordem de se manterem afastados e ameaçaram também os policiais de morte.

Os moradores invadiram a área delimitada pela PM com o intuito de agredir os bombeiros com pedras e sarrafos.

Um dos homens disse que o Corpo de Bombeiros demorou duas horas para chegar e que não adiantava mais apagar o fogo, pois iria jogar gasolina e colocar fogo de novo. O irmão dele xingou os bombeiros com palavras de baixo calão.

Com a situação controlada, os bombeiros conseguiram extinguir as chamas com 8 mil litros de água. A causa do incêndio ainda é desconhecida.

1 Comentário

  1. Avatar
    Faro Fino novembro 27, 2016

    Como assim colocar fogo “DE NOVO”? Opss!
    Agredir os bombeiros, assim, por realizarem o trabalho?
    Têm caroço nesse angu!

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *