Brusque sedia etapa do Estadual de Vôlei Adaptado para a Terceira Idade

Atletas de seis municípios entre 50 e 83 anos participaram da competição realizada no Sesc

Competição envolveu atletas da região do Vale que competiram no Sesc -
Crédito: Cristóvão Vieira

Brusque foi o centro das atenções para os atletas da melhor idade no último fim de semana. Equipes de seis diferentes municípios participaram da quarta etapa do Campeonato Estadual de Voleibol Adaptado. Brusque foi representada pelos atletas da Associação Brusquense de Esporte da Terceira Idade (Abeati) que participaram das categorias Master, Sênior, Biso e Bisa.

Na quadra do Sesc, entre sexta-feira e sábado, as equipes de Brusque, Penha, Navegantes, Balneário Camboriú, Camboriú e Itajaí travaram duelos em busca de boas posições no evento mas, mais do que isso, viveram um clima de amizade e espírito esportivo. Famílias vieram acompanhar os ‘vovôs’ que dão exemplo e correm atrás da qualidade de vida através do esporte – pessoas com idade entre 50 e 83 anos participaram do evento.

Vôlei adaptado vive bom momento

Nos últimos anos, os grupos da terceira idade têm saído cada vez mais da zona de conforto na busca da prática esportiva. Trabalhando há cinco anos com o vôlei adaptado, André Boscato, instrutor da equipe de Balneário Camboriú, diz que é o melhor momento da modalidade no estado. “No começo tínhamos poucas associações, mas logo surgiram mais, de modo que conseguimos formar o campeonato com tantos atletas. Têm pessoas que praticavam esporte na juventude e sentiram a vontade de voltar e pessoas que nunca praticaram, mas quiseram experimentar. A tendência é que aumente o número de equipes e atletas e qualifique a prática”, explica.

Atleta de Brusque, Antônio Marcelino Pereira, o Quininho, aproveitou a competição para atrair mais pessoas ao projeto do vôlei adaptado. “Pouca gente conhece, e é bom que essa competição ajuda a divulgar o trabalho feito aqui, Nós já temos a associação montada e convidamos qualquer pessoa acima de cinquenta anos que queira participar”, completa.

Contente em poder oportunizar a competição para sua equipe, o técnico de Brusque, Edson Garcia, falou sobre a experiência do estadual. “Ficamos felizes por ter trazido essa competição para cá com uma adesão muito grande. O laço de amizade que existe entre atletas de uma equipe e outra se fortalece com o tempo, e esse é um dos pontos altos do esporte para a terceira idade” comenta.

A competição teve apoio da Fundação Municipal de Esportes.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *