Candidato a vice-prefeito, Felipe Belotto (PT) comenta situação do partido e seus planos caso seja eleito

"A qualidade dos serviços públicos da nossa cidade diminuiu", diz Belotto

felipe belotto (Copy)
Felipe Belotto foi vereador e ouvidor da prefeitura durante a gestão de Paulo Eccel -
Crédito: Marcos Borges

Candidato a vice-prefeito na chapa pura do Partido dos Trabalhadores, Felipe Belotto tem adotado um discurso de continuidade do governo Paulo Eccel em entrevistas. O petista já esteve na Câmara de Vereadores e na prefeitura e afirma que é da “escola do Paulo Eccel”.

O candidato do PT é o penúltimo entrevistado na série de sabatinas que o jornal Município Dia a Dia está promovendo com todos os candidatos a vice-prefeito de Brusque. Belotto, que concorre ao lado do cabeça de chapa Gustavo Halfpap, tem 34 anos e é cientista político de formação.

Quadro antigo do PT de Brusque, ele defende a legenda e diz que a imagem negativa do partido em âmbito nacional não terá impacto nas eleições de 2 de outubro. E, apesar da cassação de Paulo Eccel do cargo de prefeito, a campanha aposta em colar a sua imagem à do antigo prefeito. “A gente sente que a cidade reconhece que o Paulo foi injustiçado”, afirma.

O candidato termina pedindo que os eleitores elejam vereadores da coligação do PT, para que o trabalho, se for eleito, fique mais fácil. Ele reconhece a importância de ser uma base aliada no parlamento e diz que é preciso ter “vereadores leais com a cidade”.


Papel do vice-prefeito

Belotto diz que o vice-prefeito deve ser a ligação entre a prefeitura e a comunidade em geral. “Na nossa maneira de operar o mandato que virá a partir do ano que vem, ele será como um grande ouvido da prefeitura. Eu tive uma experiência na gestão do Paulo de ser o que recebe as demandas da comunidade. Fiz isso no Orçamento Participativo e tive a oportunidade de ser o ouvidor da prefeitura e também atuei na pavimentação comunitária”, afirma.


Cargo no primeiro escalão

Assim como todos os candidatos a vice-prefeito até o momento, Belotto diz que não tem intenção de assumir uma secretaria ou autarquia. Ele afirma que o vice-prefeito tem suas funções de diálogo e articulação bem definidas.

Ainda assim, não descarta assumir uma pasta, caso seja necessário. “Se não ocorrer uma acumulação de salário e houver necessidade, é possível. Mas, num primeiro momento, isso não está no horizonte. Acho que podemos priorizar o papel do vice para esse contato direto, para ser um receptáculo da comunidade”, declara.


Articulação política

Felipe Belotto ficou como suplente de vereador na última eleição e ocupou uma cadeira na Câmara por dois anos. Durante esse período, o petista foi líder do governo e da bancada do partido.

“A gente sabe que ali dentro muitas coisas são decididas de fato tendo uma relação do Executivo com o Legislativo, com uma boa apresentação do projeto”, afirma. O candidato diz que fará esse papel de articulação, levando em conta a experiência dele na Câmara.

Belotto afirma que o governo sofreu com problemas na sua base, em 2014, e agora aprendeu com os erros. “Nós aprendemos com vários erros que cometemos e temos que colocar em prática uma boa política”.


PT nacional

A imagem do PT em âmbito nacional está arranhada com os sucessivos escândalos de corrupção. Belotto diz que o partido em Brusque temeu uma aversão dos eleitores à sua campanha em Brusque, mas isso não se confirmou.

“O eleitor quer discutir a questão municipal, os buracos na rua, a merenda que baixou de qualidade, esse tipo de coisa. O eleitor vive muito mais no mundo real do que o político, que tenta criar essas armadilhas e discutir essas coisas globais”, declara.


Imagem de Paulo Eccel

A campanha de Halfpap e Belotto aposta na imagem de Paulo Eccel para angariar votos, ainda que o ex-prefeito tenha sido cassado pela Justiça. Segundo o candidato a vice, os eleitores não têm rejeição à candidatura, pois comparam o período da época do PT e depois.

“A qualidade dos serviços públicos da nossa cidade diminuiu, então a população se sente injustiçada”, afirma. Belotto também fala da postura da prefeitura. “Na nossa época, também não tinha dinheiro para tudo, mas a gente não ficava reclamando, corria atrás. A cidade não elege prefeito para ficar reclamando, mas para achar soluções”.


Força do partido

Mesmo com a imagem prejudicada por causa dos escândalos de corrupção, o PT de Brusque resolveu concorrer com chapa pura na majoritária (prefeito) e se coligar com partidos menores na proporcional (vereadores), o PV e o PTC.

Belotto diz que o objetivo é manter o número de quatro vagas na Câmara ou ampliar. Ele afirma que o eleitor não olha para o partido na hora de escolher o candidato. “Mais de 70% votam na pessoa, ainda mais numa eleição pulverizada como é a para vereador”.


Eleição diferente

O petista diz que esta eleição é diferente de qualquer outra na história recente de Brusque. O número de candidatos (sete) faz com que os votos se pulverizem mais do que o normal. Belotto considera que ainda haverá gente sem saber o nome de todos no último dia antes do pleito.
Ele aproveita para cutucar os adversários. “Tirando a candidatura do PSOL, as cinco outras entraram juntas no dia que nos expulsaram da prefeitura, e lá dentro eles brigaram, um querendo mandar mais que os outros, e nós permanecemos unidos”.

8 Comentários

  1. Avatar
    Luka setembro 22, 2016

    Esse vestiu o vermelho no corpo e foi pra guerra:

    “A campanha de Halfpap e Belotto aposta na imagem de Paulo Eccel para angariar votos,…” (sic)

    Que bom , menos mal, pior seria apostar na imagem de DILMA impichada e LULA “implicado com a justiçca federal”.

    Gostei disso:
    “A cidade não elege prefeito para ficar reclamando, mas para achar soluções”. (sic)

    p.s.: Depois de ontem, que o PSC (partido que se dizia cristão) que combatia o comunismo, fechou acordos pelo país afora, com o PC do B e com o Foro de São Paulo, não duvido que o comunismo, PETISMO, SOCIALISMO, volte com tudo, MORO acima.
    #EsquerdaEsperta

    Olha, tô em dúvida agora!

    Ainda bem que o PAPA não é comunista! Apenas gosta de falar demais! Ufa!

    • Avatar
      Louis setembro 22, 2016

      É, mas tem um MORO no meio do caminho.
      Juiz implacável e Compassivo, qualidade distante de um vocábulo comunista: “COMPAIXÃO”…

      Saiu agora a pouco:
      “Moro solta Guido Mantega por razões humanitárias (*) !”
      (*) misericordioso
      Engulam essa VERMELHOS!

  2. Avatar
    Eidir Pamoña Universal setembro 22, 2016

    Sempre pensei que esse rapaz da foto fosse o tal vereador Jean Pirolla!

    PP, PT, mais do mesmo!

    um é de Bom Retiro (SC), esse de onde é não sei ?

    #Ouroboros digo #Orabolas

  3. Avatar
    Bessias Carteiro setembro 22, 2016

    Ao menos fez clareamento dental. #EscolaDoPauloEccel kkkkkkkk

    Por tabela diz: …o eleitor só se preocupa com buracos, a merenda que baixou de qualidade, essas coisas.

    Volte pra Marte: Idiota é sua demagogia e não o eleitor. #Pirola Cover!

    Esse tipo tem mais é que ser expulso da prefeitura mesmo, como diz que assim já ocorreu com seu PTido.

    #Chato

  4. Avatar
    Me, Myself and I and LUKA setembro 22, 2016

    RESUMINDO:

    Diz o moço:
    “O eleitor quer discutir a questão municipal, os buracos na rua, a merenda que baixou de qualidade, esse tipo de coisa. O eleitor vive muito mais no mundo real do que o político, que tenta criar essas armadilhas e discutir essas coisas globais”, declara. (sic)

    TROCANDO EM MIÚDOS:
    O povo brasileiro é BURRO e ignorante, também é orgulhoso, convencido, soberbo e arrogante!
    SABE POR QUÊ, moço:
    Foram manipulados pela imprensa, que trabalha para os conspiradores SOCIALISTAS – vocês – CONSPIRADORES mundiais e nacionais.

    RESUMINDO:

    Na visão do cientista político de formação, (como mencionado no 2 segundo páragrafo, acima);
    Brasileiro NÃO SABE NADA e se acha CONHECEDOR de tudo.

    OUVIDOR???

    Mah Va! – arrogância!

  5. Avatar
    Madame Blavatksy setembro 22, 2016

    TEM MUITO MAIS A SER DITO, E A SER MOSTRADO AQUI.

    COM O TEMPO SERÁ DITO E MOSTRADO! Em Outra Mídia! Digna da gente!

  6. Avatar
    Crowley Blavatksy setembro 23, 2016

    OPINIÃO DE LEITOR:
    Nem fazendo a maior Cadeia de União, ou Egregora que for, esse partido e seus aceclas irão trilhar caminhos de LUZ! No final desse minhocão urbano lhes resta o CAOS. Plantaram ódio, agora colherão seus frutos, Comunistas/ SIONISTAS, acabou a FESTA.

  7. Avatar
    Rose Fivelinha setembro 23, 2016

    Opinião de Leitora:

    Gosto de pessoas com sorriso largo, e a cada ano que passa com a testa maior!

    Mas vamos combinar, esse vermelho vivo, está demo dê!

    Mas como tudo na arte da manipulação fotográfica, a peroba ajudou a destacar os dentes, ficando assim o vermelho em segundo plano. Se piscar ligeiro, você nem nota!

    Como tudo tem tempo certo, achei a explanação deste jovem senhor meio FORA da REALIDADE no que se refere a ideia primitiva que faz dos eleitores: alienados preocupados com os buracos das ruas..

    Estamos na era do 1984 da vida real:

    NADA ESCAPA AOS SENTIDOS eletrônicos, por assim dizer..

    Vê em Paulo Eccel um avatar para sua eleição:

    Prefiro parar por aqui!

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *