Cidades do Sul de Santa Catarina registram estragos provocados por ondas e ventos fortes

Em Araranguá, uma onda invadiu a faixa de areia e arrastou sete veículos

Uma tempestade neste domingo, 16, deixou danos por onde passou no Sul de Santa Catarina. De acordo com o coordenador regional da Defesa Civil, em Araranguá, Sebastião de Souza, houve destelhamentos em Balneário Gaivotas e Maracajá. Em Araranguá, uma onda invadiu a faixa de areia e arrastou sete veículos, conforme levantamento preliminar. Também houve danos materiais em casas e restaurantes próximos da orla. As regiões atingidas foram Barra do Torneiro e Balneário Rincão.

Ventos fortes também foram registrados no Sul do estado. Em Araranguá, a velocidade aproximada foi de 97 km/h. A região da Tubarão foi a mais atingida. Conforme informações preliminares do coordenador regional de Tubarão, Anderson Martins, uma criança morreu devido à queda de uma árvore em cima de um carro. Dois homens estão desaparecidos. Eles estavam em um pequeno barco no Rio Tubarão.

Uma Sala de Situação está sendo montada no Corpo de Bombeiros Militar de Tubarão. O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, e quatro coordenadores regionais atuam na região para avaliar dos danos e prejuízos. O Corpo de Bombeiros Militar também está no local. A Defesa Civil de SC enviou um caminhão com 15 rolos de lona para Tubarão.

De acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, ainda não há confirmação de qual fenômeno atingiu o Sul, mas o evento é muito parecido com o chamado tsunami meteorológico que já atingiu duas vezes a praia do Cassino, no estado vizinho do Rio Grande do Sul. O fenômeno ocorre quando o tempo está instável, com sol, nuvens e muito vento.

posto

Tubarão

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *