Comitiva brusquense se reúne com o presidente do Conselho Distrital de Karlsruhe

Grupo foi recepcionado pela autoridade em seu gabinete na manhã de segunda-feira, 21

Comitiva na Alemanha 1 (Copy)
Christoph Schnaudigel (ao lado do prefeito e do presidente do Legislativo) recebeu a comitiva de Brusque no seu gabinete na segunda-feira, 21 -
Crédito: Daiane Benso

A comitiva brusquense esteve na manhã de segunda-feira, 21, com um dos nomes mais importantes do Distrito de Karlsruhe – Christoph Schnaudigel -, presidente do Conselho Distrital. A autoridade do governo recebeu os brusquenses em seu gabinete, no Centro de Karlsruhe.

Schnaudigel, muito receptivo, afirmou estar feliz em receber a comitiva de Brusque e desejou uma boa estadia na Alemanha. Ele disse que “os brasileiros terão o prazer de conhecer a cultura da região e do estado, além de trocar ideias”. O presidente ainda reforçou a parceria que o Distrito de Karlsruhe tem com Brusque no intercâmbio de estudantes e no projeto 50 Parcerias Municipais Para o Clima até 2015. “A parceria é a essência deste trabalho, no qual trocamos experiências e também realizamos atividades na base”.

O prefeito de Brusque, José Luiz Cunha, o Bóca, agradeceu a receptividade de Schnaudigel e de toda a sua equipe e afirmou que Brusque está de portas abertas para receber todos os integrantes do distrito. Além disso, afirmou que mesmo deixando a prefeitura no fim deste ano, acredita que Jonas Paegle – prefeito eleito para o próximo mandato – será sensível para dar continuidade aos projetos.

“Só podemos agradecê-lo por essa recepção, em que todos são muito prestativos. Brusque, como um todo, poderes Executivo e Legislativo, as entidades de classe, têm maior interesse em manter essa parceria com o Distrito de Karlsruhe para essa troca de experiências”.

Durante o encontro, a comitiva também presenteou o presidente do Conselho Distrital. O reitor do Centro Universitário de Brusque (Unifebe), Günther Lother Pertschy entregou lembranças com produtos regionais; o prefeito Bóca e o superintendente da Fundação do Meio Ambiente (Fundema), Cristiano Olinger, entregaram uma placa referente ao projeto climático. Já o o presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Pedro Prudêncio Neto presenteou Schnaudigel com um bóton do poder Legislativo. “Representa nossa parceria com o Distrito de Karlsruhe, nossa base sólida, e o desejo de que esse trabalho perdure e seja duradouro”.


Conversa com o primeiro prefeito de Karlsruhe

Foto: Daiane Benso

Foto: Daiane Benso

O prefeito José Luiz Cunha, o Bóca, e o presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Prudêncio Neto, tiveram a oportunidade de entregar uma lembrança de Brusque para Frank Mentrup – 1º prefeito de Karlsruhe (à esq.). O encontro foi rápido e aconteceu no Castelo de Karlsruhe na noite de segunda-feira, 21.


Workshop internacional

Ainda na segunda-feira, a comitiva brusquense participou do Workshop Internacional das Parcerias Municipais para o Clima. No evento, que segue até amanhã no centro de convenções de Karlsruhe, serão apresentados programas de ação para a mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

Comitiva de Brusque também participou na segunda-feira do Workshop Internacional das Parcerias Municipais para o Clima / Foto: Daiane Benso

Comitiva de Brusque também participou na segunda-feira do Workshop Internacional das Parcerias Municipais para o Clima / Foto: Daiane Benso

Durante os primeiros diálogos, os participantes puderam fazer considerações sobre o projeto 50 Parcerias Municipais Para o Clima até 2015 -, realizado com o Distrito de Karlsruhe, que tem o objetivo de desenvolver programas de ação para o clima. O prefeito Bóca aproveitou a oportunidade e sugeriu a criação de um Fundo de Energia Renovável Sustentável Internacional, que poderia, segundo ele, ser discutido junto à Organização das Nações Unidas (ONU). “É criado fundo para tudo, mas não se faz algo para a própria sobrevivência do ser humano. Discutir sustentabilidade é preocupar-se com o futuro, que deve começar a ser construído agora”.

Neste primeiro dia de workshop, o superintendente da Fundema, junto ao prefeito, foram convidados a participar de um filme, elaborado pelo Ministério Federal da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento da Alemanha, que aborda as quatro etapas do projeto, e será veiculado a partir do ano que vem como mais uma forma de divulgação das parcerias para o clima.


Parceria com o setor têxtil em 2017

A comitiva também visitou, na segunda-feira, a Câmara de Comércio e Indústria (CCI) de Karlsruhe. Na ocasião foram recepcionados por Mischa Groh, do Conselho de Exportação para Assuntos Internacionais; por Udo Gotschel, gerente da Secretaria de Assuntos Internacionais e por Egon Klefenz, presidente da Badisch-Südbrasilianische Gesellschaft (BSG). O presidente do Conselho Distrital, Christoph Schnaudigel, também esteve presente.

Comitiva de Brusque também visitou a Câmara de Comércio e Indústria (CCI) de Karlsruhe / Foto: Daiane Benso

Comitiva de Brusque também visitou a Câmara de Comércio e Indústria (CCI) de Karlsruhe / Foto: Daiane Benso

Muito atenciosos, os alemães apresentaram aos brusquenses um filme da Região Tecnológica e Energética de Karlsruhe, dados referentes ao trabalho desenvolvido na CCI e sobre os projetos de mobilidade do local. Klefenz antecipou que em 2017 a parceria entre Brusque e o Distrito deverá ficar mais forte, já que se planeja promover intercâmbio entre os empresários do setor têxtil. O que também promete reforçar os laços dos países é o apoio da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), já que o Executivo e o Legislativo de Brusque possuem um bom relacionamento com as entidades de classe do município, que podem intermediar junto ao órgão.

Após isso, a comitiva se apresentou, reforçou a importância da parceria com o Distrito de Karlsruhe e mostrou algumas das características e potencialidades de Brusque e de Santa Catarina.

O prefeito Bóca contou que mesmo com mudanças de prefeitos nos últimos quatro anos, Brusque está unida em defesa da população. Para ele, essa parceria é promissora para ambos os países, e exemplo disso é que cada vez mais as relações comerciais e culturais do Brasil com a Alemanha se estreitam. “Queremos buscar com vocês essa cooperação técnica para o desenvolvimento da nossa região”.

O reitor da Unifebe lembra que as sementes plantadas desta parceria já estão sendo colhidas, como é o caso da parceria da universidade com o Instituto de Tecnologia de Karlsruhe (ITK). “Recentemente pesquisadores do instituto estiveram no município e queremos prospectar muito mais relacionamentos com o distrito seguindo a tríplice: governo, academia e iniciativa privada”.

O presidente do Legislativo de Brusque também afirmou estar à disposição para firmar uma parceria e estreitar laços cada vez mais sólidos com o distrito, independente de governo.

1 Comentário

  1. Avatar
    fora politicos novembro 22, 2016

    Que se dane! Que benefício isso vai trazer pra sociedade agora? Apenas marketing, autopromoção… Temos que trabalhar para elevar a cultura local, o nível de seriedade e compromisso com aquelas ações que são mais urgentes aqui e agora (como saúde, segurança, justiça etc.) e não ficar divagando sobre o modus operandi da Alemanha, que está á mil anos luz do Brasil em todos os critérios acima citados. Querem representar bem a nossa sociedade, façam isso com ações que resultem em melhorias reais para o nosso povo, e não viajando por aí, achando que vão encontrar alguma solução mágica para os nossos problemas…
    É sempre assim, não se cansam de divulgar projetos (sempre para o futuro), mas no presente (no aqui e agora) o interesse é sempre pessoal, nunca o social. Os votos são necessários hoje, mas os projetos sempre são postergados…Assim ocorreu…trocaram um benefício pessoal (viagem de luxo) para conversar, trocar ideias para projetos futuros, enquanto no presente, continuam as filas nos postos de saúde, entre outros milhares de problemas que todos já conhecemos….portanto, não vejo aí uma troca justa…
    Os alemães devem estar rindo e pensando, o que esses coitados querem aqui, não dão conta nem do básico (como arrumar buracos nas estradas) e gastam dinheiro pra vir até aqui falar de projetos grandiosos…é obrigado a dar tudo errado mesmo! Realmente, o Brasil é o país do futuro!!!

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *