Conheça o príncipe imperial do Brasil, que visitará Brusque

Dom Bertrand de Orleans e Bragança participará do Ciclo Brusquense de Conferências Magnas Temáticas

principe cópia (Copy)
Dom Bertrand é bisneto da princesa Isabel, responsável pela abolição da escravidão no Brasil -
Crédito: Divulgação

Na próxima semana, Brusque recebe a visita do príncipe imperial do Brasil, Dom Bertrand de Orleans e Bragança. Ele estará no município entre os dias 14 a 16 de novembro para ministrar a conferência inaugural do Ciclo Brusquense de Conferências Magnas Temáticas – realizado de 2016 a 2022 – que marca o bicentenário da Independência do Brasil. O príncipe imperial também participará da celebração dos 180 anos do início da Imigração Italiana no Brasil, na localidade de Colônia, em São João Batista.

A seguir, conheça um pouco mais sobre a história de Dom Bertrand e a ligação da família imperial com Brusque.


Família imperial e Brusque

De acordo com o historiador Paulo Kons, são várias as vinculações históricas da família de Dom Bertrand com Brusque e Santa Catarina.

Segundo ele, as duas colônias que deram origem a Brusque – Itajahy, em 4 de agosto de 1860, e Príncipe Dom Pedro, em 10 de março de 1867 – foram fundadas por determinação do Governo Imperial brasileiro, cujas gestões atraíram os imigrantes que as desenvolveram.

O primeiro administrador de Brusque foi o Barão von Schneeburg, oficial da cavalaria do império austríaco a serviço da Casa Imperial brasileira. Já o conselheiro imperial, Francisco de Araújo Brusque, deu nome ao município.

Outra ligação importante entre a família imperial é que a bisavó de Dom Bertrand, a princesa Isabel – que assinou a Lei Áurea e aboliu a escravidão no Brasil em 1888 – foi concebida em solo catarinense em 1845, quando Dom Pedro II e a imperatriz Teresa Cristina visitaram a província de Santa Catarina.


Genealogia de Dom Bertrand

Dom Bertrand Maria José Pio Januário Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orleans e Bragança, Príncipe Imperial do Brasil, nasceu em 2 de fevereiro de 1941 no sul da França, onde o exílio da família imperial brasileira e a II Guerra Mundial retiveram seus pais.

Ele é filho da princesa da Baviera e Imperatriz-Mãe do Brasil, D. Maria Isabel Francisca Teresa Josefa de Wittelsbach e Croy-Solre (1914-2011) e do Príncipe D. Pedro Henrique de Orleans e Bragança (1909-1981), chefe da Casa Imperial do Brasil.

Seus avós maternos são Francisco, príncipe da Baviera, e Isabel, princesa de Croy e neta de Luís III, último rei da Baviera. Já seu avô paterno foi D. Luiz de Orleans e Bragança, filho da Princesa Isabel, a Redentora, filha do Imperador Dom Pedro II, último monarca dos brasileiros.
Dom Bertrand descende da Casa Real Francesa, provindo em linha direta de Hugo Capeto e de São Luís IX, o Rei-Cruzado.


Casamento de seus pais irritou Hitler

Os pais de Dom Bertrand casaram-se no Castelo de Nymphenburg, em Munique, na Alemanha, no dia 19 de agosto de 1937. A celebração do matrimônio dos pais de Dom Bertrand lhes rendeu muitas dores de cabeça, pois o casal convidou vários chefes de Casas Reais europeias, entre os quais a grã-duquesa Charlotte I de Luxemburgo e o rei Alfonso XIII da Espanha, mas não os líderes do Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei (Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães) de Hitler, que encararam sua exclusão da lista de convidados como uma afronta.


A vinda para o Brasil

Dom Bertrand veio para o Brasil logo após o término da II Guerra Mundial. Realizou a parte final de seus estudos secundários no Colégio Santo Inácio, dos padres jesuítas, no Rio de Janeiro. Cursou a Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), formando-se advogado em 1964.

Desde muito jovem, recebeu formação católica, tendo realizado frequentes viagens à Europa, uma das quais se deu durante toda a primeira Sessão do Concílio Ecumênico Vaticano II – evento convocado pelo papa João XXIII, que discutiu vários temas ligados à igreja, em 1961. Piloto civil, é reservista da Força Aérea Brasileira (FAB).

Com informações do historiador Paulo Kons


Programação

Segunda-feira, 14
15h35 - Recepção a Dom Bertrand de Orleans e Bragança no Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder, sobrevoo ao território das ex-colônias imperiais Itajahy e Príncipe Dom Pedro e deslocamento aéreo até a Igreja São José, na sede da ex-colônia Nova Itália, em São João Batista
16h - Celebração dos 180 anos do início da colonização italiana no Brasil. Local: Igreja São José, em São João Batista
18h - Abertura da Mostra Filatélica Império do Brasil, no foyer do teatro do Centro Empresarial, Cultural e Social de Brusque (Cescb)
18h30 - Obliteração, por Dom Bertrand, do primeiro envelope com o carimbo dos correios, agência de Brusque, do dia 14.11.16, comemorativo à visita do Príncipe, no foyer do teatro do CECSB
19h - Conferência Magna:
“A Monarquia na Construção do Brasil Independente” com Jorge Paulo Krieger Filho, Paulo Vendelino Kons, Gilberto Callado de Oliveira e Dom Bertrand. Local: Teatro do Centro Empresarial, Cultural e Social de Brusque (Cescb)
21h - Recepção a Dom Bertrand e jantar familiar

Terça-feira, 15
9h - Visita ao complexo religioso, educacional, cultural e de saúde de Azambuja
10h - Santa Missa no Santuário Nossa Senhora de Azambuja.
12h - Almoço no Restaurante da Sociedade Esportiva Bandeirante
15h - Visita à Casa de Brusque, com deposição de coroa de flores no
mausoléu do Conselheiro Imperial
Dr. Francisco Carlos de Araújo Brusque
16h30 – Visita ao Lar Sagrada Família
17h30 - Visita ao Instituto Aldo Krieger
20h - Recepção e jantar familiar, seguida de visita ao Observatório Astronômico de Brusque

Quarta-feira, 16
9h15 - Homenagem a Dom Bertrand, com apresentação do organista e da orquestra do Colégio Cônsul Carlos Renaux, na Igreja Evangélica Luterana Centro
10h - Encontro do Dom Bertrand com as autoridades, na Prefeitura
11h30 - Recepção e almoço
13h30 - Acompanhamento até o Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder e despedida de Dom Bertrand

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *