Município Dia a Dia transmite debate com os candidatos a prefeito de Brusque neste domingo

Evento é realizado pela Acibr, em parceria com o jornal e a TV Brusque

debate
Há uma semana da eleição, debate será fundamental para o eleitor definir o voto -
Crédito: Divulgação

Há uma semana da eleição, a Associação Empresarial de Brusque (Acibr) realiza neste domingo, 25, em parceria com o Município Dia a Dia e com a TV Brusque, o debate decisivo com os candidatos a prefeito do município. O evento será no teatro do Centro Empresarial, Social e Cultural (Cescb) e terá início às 19h.

Como o acesso ao teatro é restrito a convidados, a população poderá acompanhar o debate pelo portal municipiomais.com.br, que fará a transmissão ao vivo do evento, assim como a TV Brusque.

Os sete candidatos à Prefeitura de Brusque: Chico Cordeiro (PSOL), Gustavo Halfpap (PT), Bóca Cunha (PP), Jadir Pedrini (PROS), Jones Bosio (DEM), Dr. Jonas (PSB) e Odirlei Dell’Agnolo Bah (SD) foram convidados para apresentar suas propostas no debate, que será mediado pelo comunicador Silvio Loddi, que há 11 anos presta serviços para a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), já foi apresentador na TV Barriga Verde, em Florianópolis, além de apresentador da RBS TV e Rádio Gaúcha, de Porto Alegre.

O presidente da Acibr, Halisson Habitzreuter, afirma que o objetivo do debate é que os candidatos apresentem suas propostas de governo e expliquem para a classe empresarial e para toda a comunidade como vão lidar com os problemas que Brusque enfrenta atualmente.

“Queremos conhecer também as propostas de investimento, que darão mais fôlego à economia municipal. Não devemos nos contentar apenas com a solução dos problemas. A gente tem que pensar à frente, planejar a cidade para as próximas gerações”, diz.

O debate

O debate será dividido em quatro blocos e tem previsão de duração de três horas. No primeiro bloco, serão realizadas perguntas formuladas por entidades ligadas à Acibr. Cada candidato responderá a uma questão e comentará a resposta de um adversário. As respostas terão tempo máximo de 2 minutos e 30 segundos, e os comentários, 1 minuto.

No bloco 2, as perguntas serão elaboradas por jornalistas. As questões terão como foco a vida pública dos candidatos, voltadas à gestão e à visão política.

No terceiro bloco, candidato pergunta para candidato, com tema sorteado ao vivo. Um segundo sorteio ao vivo irá definir o candidato que fará a primeira pergunta. Esse candidato fará a pergunta para um adversário de livre escolha. O candidato que respondeu faz a próxima pergunta a um adversário que não tenha falado no bloco. O último a perguntar questiona necessariamente o candidato que iniciou o bloco.

No quarto bloco, candidato pergunta para candidato novamente, mas desta vez com tema livre. A mecânica é a mesma do bloco anterior, com sorteio do primeiro candidato a perguntar e tempos iguais. No entanto, cada bloco deve ser iniciado por um candidato diferente.


Serviço

O que: Debate com os candidatos a prefeito de Brusque
Quando: Domingo, 25 de setembro
Horário: 19 horas
Transmissão ao vivo pelo
www.municipiomais.com.br
e pela TV Brusque

2 Comentários

  1. Avatar
    Cleberton Muniz setembro 23, 2016

    Alguém pergunte pro médico e dublê de político (marionete do Ciro) onde está o dinheiro do observatório ? O dinheiro da creche do paquetá ? o dinheiro dos asfaltos da calamidade de 2008 ? o dinheiro da previdência dos servidores públicos ? o dinheiro desviado da beira-rio ? o dinheiro desviado da ponte estaiada ? o dinheiro desviado em TODAS as obras executadas pela CODEB ? o dinheiro não pago pros funcionários contratados pelo instituto AMEA ? o dinheiro arrecadado pela taxa cosip (iluminação pública) sendo que a cidade estava as escuras ? o dinheiro do fundo municipal de saúde, já que os servidores eram mal pagos, pouco se repassava pro hospital, as ambulâncias estavam caindo aos pedaços ?
    Alguém pergunte a ele porquê a Mabel não se instalou em Brusque ? Porquê a Colcci foi pra Itajaí ?
    Pergunte também porquê a bilbioteca ficava longe do povo ? porquê a prefeitura estava no SPC ? porque gastaram tanto dinheiro com esculturas, quando as praças e creches nem parquinho tinham pras crianças ?
    Porquê as ruas da cidade eram todas esburacadas ? porque queriam vender espaços públicos pra particulares, na inútil idéia da rua 24 horas ? porque queriam destruir área de preservação ambiental na rppn edith ? porque permitiram loteamentos irregulares e até perigosos, como o cyro gevaerd e vários outros ? porque deixaram a Fenarreco beirar a falência ? porque sucatearam TODOS os veículos da prefeitura ? porque o parque zoobotânico quase fechou por falta de cuidados e sem licença ambiental ? porquê o parque leopoldo moritz foi abandonado ? porquê as praças da cidade foram todas abandonadas ? porque fecharam as torneiras do chafariz da praça gilberto colzani durante 8 anos ? porque cortaram os chorões que enfeitavam a beira-rio ? porque o prédio da rodoviária não recebeu manutenção e quase foi condenado ? porque o trânsito da cidade era o caos ? porque nao havia NENHUMA sinaleira com temporizador ? porque não havia eleições pra diretor nas escolas ? porque a maioria dos conselhos municipais não existiam ? porque não havia um programa de participação do povo nas decisões de obras ? porque ruas que foram cobradas não receberam o asfalto prometido ?

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *