Droga usada para fabricação de ectasy é consumida pura

O MD ou cristal tem sido vendido separadamente para se ter um efeito mais forte nas festas eletrônicas

Droga MD cópia
O MD é produzido em laboratório e é o princípio ativo para a fabricação do ectasy -
Crédito: Divulgação

Na semana passada, durante o cumprimento de um mandado de busca, apreensão e prisão de dois suspeitos de tráfico de drogas, as polícias Civil e Militar encontraram uma quantidade de uma droga conhecida como MD, ou cristal. Em Brusque, foi a primeira vez que a substância foi apreendida.

O delegado da Delegacia de Combate às Drogas (Decod) de Florianópolis, Attílio Guaspari Filho, afirma que não se trata de uma droga nova, apesar de parecer. Segundo ele, o MD é o princípio ativo para a fabricação do comprimido de ectasy. A substância é em formato de um pó branco e, às vezes, bege.

A partir da década de 2000, as pessoas começaram a usar o MD puro, o que é muito mais forte. “Para se ter uma noção, em cada comprimido de ectasy, é usado apenas 0,2 gramas de MD. Mas agora está sendo vendido 1 grama de MD puro e tem pessoas que consomem em uma noite até 1,5g da droga”, conta Guaspari Filho.

O MD é produzido em laboratório e após 20 minutos após ser consumido provoca euforia, aumento da resistência, perda de sono e o apetite. A droga ainda age no sistema nervoso central, deixando o coração acelerado e a pressão sanguínea aumenta. Os efeitos duram até 48h. “Se a pessoa tiver uma pré-disposição para algum problema de coração, alguma taquicardia, pode ter até morte súbita. Em alguns casos, a pessoa tem uma overdose por ter inalado muita água com a substância”, comenta o delegado.

Ele ressalta que, de um tempo para cá, o MD passou a ser fabricado também em Santa Catarina. Inclusive, alguns laboratórios já foram descobertos pela polícia e diversas apreensões ocorreram. Na última operação da Decod, o delegado revela que foi encontrado no laboratório de ectasy muitas outras drogas utilizadas para misturar e fabricar o comprimido. “Como os traficantes não conseguiram muito MD, colocaram cocaína misturado ao MD. Com iss as pessoas compram achando que é uma coisa, e tomam em excesso e podem ter uma overdose, por conta da mistura”.

Polo do ectasy no Brasil

O delegado da Decod afirma que Santa Catarina pode ser considerado o polo do ectasy no Brasil, tanto no consumo como fabricação. Os principais motivos seriam as festas e clubes de música eletrônica. Para Guaspari Filho, para uma pessoa que frequenta esse tipo de festa, conseguir aguentar uma noite inteira e mais um dia acordado e com energia para dançar, precisa ingerir alguma droga, especialmente as sintéticas.

“O consumo desse tipo de droga é direcionado para esse tipo de festa e no estado temos muitos clubes que proporcionam isso, principalmente em Florianópolis e Balneário Camboriú”, informa o delegado.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *