El Ninõ e La Ninã, nossa região sempre sendo influenciada por estes dois fenômenos

02-10-2016 (1)

Conversando com meu amigo Ronaldo Coutinho, da Climaterra, sobre o atual quadro climático que estamos verificando aqui na região de Brusque, com baixos volumes de chuva bem como temperaturas baixas para esta época do ano, ele me dizia que tem tudo a ver com o  La Niña, que é exatamente o oposto do El Ninõ. Coutinho ressaltou que neste mês de Outubro teremos chuvas mais frequentes em SC mas ele chama atenção para a volta do quadro de estiagem nos meses de novembro e dezembro, situação bem típica de La Niña.  Mas O que são esses fenômenos e qual é a diferença entre um e o outro? É o que veremos a seguir:

El Niño é o fenômeno resultante do aquecimento anormal das águas do Pacífico na costa litorânea do Peru, onde geralmente as águas são frias. Tal fenômeno produz algumas massas de ar quentes e úmidas, que geram algumas chuvas na região de entorno com a diminuição do regime de chuvas em outras localidades, tais como a Amazônia, o Nordeste brasileiro, a Austrália, Indonésia e outras. No Brasil, o fenômeno também contribui para o aumento de chuvas nas regiões Sul e em partes do Sudeste e do Centro-Oeste.

La Niña é um fenômeno exatamente inverso. Ela representa um esfriamento anormal das águas do oceano Pacífico em virtude do aumento da força dos ventos alísios. No Brasil, o La Niña provoca os efeitos opostos, com a intensificação das chuvas na Amazônia, no Nordeste e em partes do Sudeste. Além disso, o La Niña provoca a queda das temperaturas na América do Norte e na Europa bem como na região Sul do Brasil com diminuição do volume de chuvas nesta parte do País. 

(Matéria extraída junto ao Site ”Mundo Educação”)


Dados do tempo em Brusque nesta terça-feira

O cenário climático desta terça-feira em Brusque foi de tempo instável, aberturas de sol até foram observados porém, o predomínio maior foi das nuvens que em alguns momentos do dia, causaram garoa em pontos isolados de nossa região. As temperaturas máximas cravaram nos 25ºC e os ventos sopraram do quadrante Leste, com rajadas que atingiram os 24,8 km/h.

20161004_151958

Trago a seguir, os picos de temperaturas desta terça-feira verificadas em Brusque, com dados extraídos junto as minhas estações, fixadas nos referidos locais por mim descrito em anexo:

  • 16,0ºC com 25,7ºC/Bairro Santa Luzia
  • 16,8ºC com 22,6ºC/Bairro Rio Branco
  • 16,5ºC com 24,5ºC/Bairro Centro

 

 

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *