Everton Cunha vai a júri popular acusado de homicídio

Julgamento ainda não tem data definida pela Justiça

Everton

O juiz Edemar Leopoldo Schlösser, da Vara Criminal de Brusque, acatou a denúncia do Ministério Público contra Everton Cunha, 22 anos, conhecido como Kankinha.

Ele irá a júri popular em data a ser marcada, acusado de homicídio consumado contra o casal Joanir Quevedo dos Santos, 35 anos, e Silciane de Fátima Stivanin, 37, tentativa de homicídio, contra a vítima Eduardo Stivanin, 13, e lesão corporal de natureza grave, contra Luiz Antonio Marchi.

O acidente ocorreu na noite de sábado, 12 de março, na rodovia Gentil Batisti Archer, no bairro Zantão.

Na denúncia, ele é suspeito de, após participar de uma festa em Canelinha e ingerir bebida alcoólica, dirigir o veículo embriagado.

Além disso, após causar o acidente, não permaneceu no local e nem mesmo prestou socorro às vítimas. Da decisão, cabe recurso. Cunha poderá recorrer em liberdade.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *