Ex-prefeito Paulo Eccel diz que obras do PAC foram feitas dentro da legalidade

De acordo com a atual administração municipal, aplicação de recursos não seguiu a lei

Paulo Eccel 031 (Copy)
-
Crédito: Arquivo Município

O ex-prefeito de Brusque, Paulo Eccel, diz que está tranquilo com a investigação do PAC anunciada por Jonas Paegle. “Estou muito tranquilo porque houve um conjunto de equipes de fiscalização”.

Segundo Eccel, além da empresa contratada para acompanhar os serviços, a Caixa Econômica também fiscalizou o andamento de todos os PAC Macrodrenagem. O ex-prefeito evita polêmicas. “Ele [o atual prefeito] faça o que entender, ele é o administrador. Estou com muita tranquilidade com relação às obras”.

De acordo com Eccel, os PACs Azambuja, Nova Brasília, Santa Terezinha, Poço Fundo e Limeira não foram finalizados na sua gestão. Os PACs da rua São Pedro, Bateas, Steffen e Paquetá foram terminados. Já os PACs do Centro e da Primeiro de Maio não chegaram a ser iniciados.

O motivo para a não continuação de obras e o atraso noutras, de acordo com Eccel, deve ser verificado com o seu sucessor, no caso, Roberto Prudêncio Neto. Eccel deixou a prefeitura em março de 2015.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *