Farmácia da ADR e Gerência de Saúde de Brusque mudam de endereço

Mudança de sede da agência irá gerar economia de R$ 12 mil, segundo secretário executivo

nova sede adr brusque 1
Nova sede fica na rua Barão do Rio Branco, 206 -
Crédito: ADR Brusque/Divulgação

A previsão do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Brusque, Ewaldo Ristow Filho, é que até 9 de dezembro todos os setores já estejam funcionando na nova sede da agência. O novo endereço fica na rua Barão do Rio Branco, no Centro 2, em frente à Talinda, onde já estava localizada a Procuradoria Regional Estadual (PRE).

A Gerência Regional de Saúde e a Farmácia de Medicamentos Judiciais são os primeiros a mudar de endereço. O atendimento passará para a rua Barão do Rio Branco a partir de quinta-feira, 24. O Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina (Iprev), a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e outros departamentos também devem se mudar nesta semana.

Na próxima semana, a Gerência Regional de Educação é que irá para a nova sede. Por fim, toda a parte administrativa será transferida. A reorganização deve ser finalizada em, no máximo, três semanas.

Além desses setores, a Procuradoria continuará a funcionar no prédio, centralizando toda a regional num só endereço. Inicialmente, a PRE seria transferida para Itajaí, mas o governo estadual voltou atrás e acatou pedido da ADR de Brusque.

A mudança foi possível porque a Receita Estadual, que ficava no mesmo prédio, foi desativada e suas atribuições transferidas para Itajaí desde setembro. Com isso, liberou mais espaço.

De acordo com o secretário executivo da ADR, o principal motivo para a mudança da sede é a centralização dos serviços de atendimento ao público e a economia com aluguel. Segundo Ristow Filho, o valor da locação da atual sede (na rua João Bauer, próximo à prefeitura) é de R$ 24 mil, enquanto que no outro edifício é de R$ 12 mil.

Apesar da disparidade de valores, ele afirma que o prédio tem condições físicas de abrigar todas as repartições públicas sem aperto.

Renegociação de valores

A reorganização da regional de Brusque é algo já esperado há tempo. Segundo o secretário executivo, o governo do estado emitiu um pedido para que todas as ADRs fizessem o levantamento de seus imóveis locados e, na medida do possível, renegociassem os valores.

A ADR de Brusque fez isso e renegociou os alugueis dos prédios onde ficam os Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas) de Brusque e outras cidades. “Em média, conseguimos baixar o valor em 10%”, diz Ristow Filho.

A expectativa do governo estadual era baixar 25%, contudo, não foi possível. A ADR de Brusque também promoveu adequações em imóveis de São João Batista e de Tijucas, municípios também administrados por ela.

Enxugamento da máquina

O secretário executivo diz que tem promovido mudanças de controle e economia na ADR nos últimos 14 meses, tempo em que está à frente da pasta. “Isso é para reduzir custos da máquina pública”, afirma.

Na nova sede, a ADR também poupará dinheiro com a conta de telefone. O sistema VoiP, mais econômico, também será instalado em todos os órgãos. Ele já funciona em escolas estaduais, mas agora será implantado na sede administrativa. Não existe uma estimativa de quanto será economizado em telefonia.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *