Floripa Têxtil e Olympiakos empatam na estreia do Campeonato de Futsal de Brusque

Floripa saiu na frente duas vezes, mas time inspirado em clube de futebol da Grécia buscou o empate em 2 a 2

-
Crédito: Cristóvão Vieira

O Floripa Têxtil tinha o plantel mais experiente, mas o Olympiakos, uma inspiração ao time grego de mesmo nome, reagiu e empatou na estreia do Campeonato Municipal de Futsal Amador de Brusque na noite desta quinta-feira, 8. O clube fez sua estreia na competição e conquistou o placar de 2 a 2. A partida contou com golaço de calcanhar, princípio de confusão e doação até os últimos instantes.

Placar aberto na categoria
Contando com um plantel de atletas mais experientes e conhecidos no cenário do futsal brusquense, o Floripa Têxtil entrou em quadra como favorito, mas demorou para fazer valer o status. O Olympiakos equilibrou a partida e, apesar da pressão, contou com boas defesas do goleiro Ricardo e jogadas de ataque perigosas.

Com uma defesa sólida, foi só no talento que o Floripa conseguiu abrir o placar. Éder recebeu lançamento na área e Cadinho chegou fechando o ângulo, mas com um toquinho de calcanhar do camisa 9 botou lá dentro, correndo para o abraço. O primeiro tempo terminou com a vitória parcial do time de branco por 1 a 0.

Luta pelo empate
O segundo tempo foi muito mais movimentado, e as equipes se soltaram mais. O primeiro a aproveitar a situação foi o Olympiakos, logo no início da etapa. A bola respingou e parou com Luiz Ricardo que teve categoria para girar e chutar colocado, sem chances para Murilo.

O Floripa Têxtil correu atrás do prejuízo, porém o goleiro Cadinho fez grandes defesas. Mas Felipe da Silva, da esquerda, chutou cruzado para vencer o arqueiro adversário: 2 a 1 apontou o placar. Aí o Olympiakos partiu para o desespero. Até Cadinho saiu das traves várias vezes para tentar ajudar na linha. Deu resultado. Pouco antes do fim da partida, ele lançou pela esquerda e a bola foi tocada na entrada da área para Leonardo dominar e mandar para as redes.

O Floripa até martelou em busca da vitória, mas o jogo terminou mesmo em 2 a 2. O técnico da equipe estreante, Luis Felipe Desidério, ergueu a moral do time pela reação e lembrou que os elencos já se enfrentaram recentemente. “Fizemos um amistoso com o pessoal do Floripa e perdemos de goleada. Dessa vez saímos de cabeça erguida com o empate”, afirma.

jogador

LANCE DO JOGO: Quando o placar ainda apontava 0 a 0 e o jogo estava truncado para ambas as equipes, Éder Luiz Régis, 28 anos, tratou de mudar a história. Recebeu bola de costas para o goleiro Cadinho e colocou lá dentro com uma puxada sutil de calcanhar, merecendo ficar com o lance do jogo.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *