Hospital Azambuja será credenciado para realizar cirurgias oncológicas de todos os tipos

Instituição aguarda portaria do Ministério da Saúde para iniciar os procedimentos

azambuja (Copy)
O Azambuja tem estruturas física e de pessoal adequadas para receber os pacientes, segundo o administrador -
Crédito: Felipe Cavichioli/Arquivo Município

Há mais de dois anos, o Hospital Azambuja busca se credenciar para realizar cirurgias oncológicas a partir de recursos do governo federal. Para isso, no entanto, a casa de saúde ainda aguarda portaria do Ministério da Saúde para o credenciamento via Sistema Único de Saúde (SUS).

No caminho da efetivação dos serviços, mais um passo foi dado no mês passado, quando o administrador do hospital, Fabiano Amorim, participou de uma reunião em Blumenau e ficou a par da informação de que o hospital será credenciado para realizar cirurgias de todos os tipos de câncer.

“Em dezembro do ano passado nos foi passado que as cirurgias oncológicas seriam apenas para pescoço e cabeça, mas como é portaria ministerial, nos informaram na última reunião que não se pode definir apenas algumas áreas, se a portaria credenciar, é para todos os tipos de câncer”, explica.

A demora em receber o credenciamento, explica o administrador, está vinculada ao plano de oncologia do estado. De acordo com Amorim, o credenciamento do SUS para o Azambuja integra o plano.

“Como faz parte do plano de oncologia do estado, há questões de outras cidades também. Por isso, o plano acaba indo e voltando porque o Ministério da Saúde solicita algumas alterações. Mas com o Azambuja está tudo certo. Nós não precisamos fazer alteração alguma”, afirma o administrador.

Amorim explica que, como Brusque tem como referência para tratamento oncológico a cidade de Blumenau, será de responsabilidade do Hospital Santo Antônio (prestador de serviço) repassar as cirurgias a Brusque, a partir da efetivação.

Para a gerente de Saúde da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Brusque, Ivonir Zanatta Webster, a Crespa, o credenciamento SUS é importante para o município, sobretudo pelo aumento do repasse de recursos ao Azambuja.

“O Azambuja passará a ser um hospital diferenciado com esse credenciamento para procedimentos em alta complexidade. Lutamos por isso há muito tempo”, diz.

Referência em oncologia

O credenciamento SUS é um passo para, futuramente, Brusque estar apta a tornar-se referência em oncologia. O projeto, que demanda tempo e recursos, é sonho antigo de entidades da cidade e de profissionais de saúde.

Pra criar esse serviço, explica Crespa, seria necessário que o Ministério da Saúde criasse uma portaria designando recursos maiores à cidade.
“Para um serviço novo, como se tornar referência, tem que ter dinheiro. Teria que ser um valor mais alto do que o destinado apenas para o credenciamento das cirurgias. Isso é algo pelo qual lutamos e deve ser implantado em um futuro próximo”, afirma a gerente de Saúde.

Em relação à infraestrutura do hospital, o administrador da casa de saúde diz que, para se tornar referência, o Azambuja precisaria dispor de um espaço de cerca de 140 metros quadrados para atender pacientes de procedimentos como radioterapia e quimioterapia.

Quanto ao credenciamento SUS que aguarda a portaria, Amorim afirma que o hospital já tem estruturas física e de pessoal adequadas.

Atualmente

Como não há previsão de quando o Ministério da Saúde criará a portaria do credenciamento, o Azambuja já realiza, há cerca de dois anos, algumas cirurgias oncológicas. No entanto, explica o administrador, cadastrando como código de procedimento.

“Nós realizamos cirurgias oncológicas por particular e convênio e algumas coisas do SUS. Essas do SUS a gente faz quando a demanda é maior, mas não cobramos e fazemos com outro código. Para esses casos, é a Secretaria de Saúde que nos encaminha direto. Geralmente são casos de câncer de pele, e algumas de mama e de útero”, diz.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *