Lojas de Brusque já oferecem produtos natalinos desde agosto

As árvores natalinas e papais-noéis continuam em alta de vendas, nas lojas do município

EloZ 2 cópia (Copy)
Clima natalino começa aparecer nas vitrines do Centro de Brusque -
Crédito: Miriany Farias

Há pouco menos de três meses do Natal, as lojas de Brusque já começam a colorir as vitrines com enfeites e decorações típicas de fim do ano. Nos últimos anos, muitos lojistas de Brusque optaram por antecipar as vendas natalinas com o objetivo de divulgar os produtos com antecedência.

Há sete anos, o proprietário do atacado Autogiro, no Nova Brasília, Genésio José Romani, passou a se antecipar com as vendas de Natal. Antes, ele iniciava o período natalino logo após o Dia das Crianças. “Então passei para começo de outubro, no ano seguinte começo de setembro, e há cinco anos começo no dia 1º de agosto”, conta.

Ele conta que a ideia surgiu devido às excursões que recebe do Rio Grande do Sul. Como esse público visita a loja apenas duas vezes ao ano, em agosto e dezembro, percebeu que o período seria o ideal, pois em dezembro ficaria muito em cima da hora. “Neste ano, por exemplo, já fiz vendas de Natal para duas excursões do Rio Grande do Sul e Mato Grosso”, diz Romani.

O comerciante ressalta ainda que se tivesse um espaço maior em sua loja, deixaria os artigos de Páscoa e Natal expostos o ano inteiro. Segundo Romani, para se ter uma noção, em janeiro deste ano, quando retiravam os produtos natalinos das prateleiras, ainda fizeram uma venda para um casal de Curitiba.

Havan abriu as portas da Vila de Natal no começo de setembro e já recebe muitas visitas / Foto: New Age Comunicação

Havan abriu as portas da Vila de Natal no começo de setembro e já recebe muitas visitas / Foto: New Age Comunicação

Desde o dia 9 de setembro, a Vila de Natal da Havan está de portas abertas para o público. Há dois anos, a loja de departamentos também se antecipa para as vendas natalinas. A gerente de vendas, Albertina Testoni Orthmann, conta que muitas pessoas pediam pelos enfeites e, logo após a abertura da Vila, já fizeram muitas vendas. “Especialmente nos fins de semana temos recebido muitas visitas, as crianças se encantam e há idosos que até se emocionam no espaço”, revela.

Vitrine de Natal da EloZ começou a ser montada no começo desta semana e traz como tendência os tons pasteis / Foto: Miriany Farias

Vitrine de Natal da EloZ começou a ser montada no começo desta semana e traz como tendência os tons pasteis / Foto: Miriany Farias

Assim como no ano anterior, uma pessoa foi contratada, especificamente, para montar os arranjos natalinos. Um dos diferenciais para este ano, segundo a gerente de vendas, será a presença do Papai Noel ao vivo, a partir de novembro, nos sábados e domingos. Albertina afirma que os preços dos produtos estão todos mais baixos do que nos anos anteriores.

Na EloZ, no Centro de Brusque, a decoração da vitrine natalina começou a ser montada no começo desta semana, para que até o desfile da Fenarreco, que será realizado hoje, os produtos estejam expostos. “Sempre procuramos montar por essa época, para aproveitar as pessoas que circulam pelo espaço durante o desfile e assim podemos divulgar mais”, conta a proprietária Nádia Zendron.

Porém, Nádia ressalta que os produtos de Natal começaram a chegar no estoque em junho, mas a partir de agosto começou a disponibilizar para vendas. “Desde então sempre vendemos algum artigo, mas sabemos que as vendas maiores acontecerão a partir de agora”.

As árvores natalinas e papais-noéis continuam em alta de vendas, nas lojas de Brusque / Foto: Divulgação

As árvores natalinas e papais-noéis continuam em alta de vendas, nas lojas de Brusque / Foto: Divulgação

Na decoração da vitrine, a proprietária da EloZ diz que a empresa busca inovar, para atrair os clientes e instigá-los a usar a criatividade. “A loja também oferece o serviço extra em que vamos até a casa do cliente para decorar ou ainda, fazemos os arranjos e laços”, diz.

Tendências natalinas

Para este ano, o proprietário do atacado Autogiro afirma que a campeã de vendas são as bolas natalinas nas cores vermelha e dourada, ficando com 90% do que é comercializado. Além disso, a nova linha de bolas poá ganhou o gosto do consumidor. As árvores natalinas, papais-noéis e pisca-piscas de LED também estão entre os mais procurados. “Neste ano recebemos piscas com até 400 lâmpadas, o que se torna mais econômico, além do próprio LED ser mais duradouro”, informa Romani. Os pinheiros mais comprados até o momento são de 1,20 metros e 2,10 metros.

Bolas natalinas continuam em alta, mas a nova linha de bolas poá tem ganhado o gosto dos consumidores / Foto: Divulgação

Bolas natalinas continuam em alta, mas a nova linha de bolas poá tem ganhado o gosto dos consumidores / Foto: Divulgação

Na Havan, a gerente de vendas revela que a aposta desse ano tem sido nas árvores menores, que foi o que mais vendeu também no ano passado. “Já vendemos também bastante bolas para decorações, e estamos com muitas flores novas”, diz Albertina.

A comerciante Nádia conta que após visitas em diversas feiras pelo país, entendeu que a tendência para este ano será os tons pastéis, como o rosa nude e o azul verde água. “Mas os tradicionais nunca saem de moda, como o vermelho com dourado. Este ano ainda, o branco ganhará a vez junto ao vermelho”, frisa.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *