Mãe e filhas fogem de casa devido a problemas familiares

Dadas como desaparecidas, Michele Renata de Augustinho, 26 anos, conta nova versão

desaparecimento

A mãe Michele Renata de Augustinho, 26 anos, e as duas filhas Emelli Gabriely Littes, 6, e Ana Livia Littes, 2, não estão desaparecidas.

O registro de desaparecimento das três foi feito pelo marido Joelso Littes, 31, na quarta-feira, 28, na Delegacia de Polícia Civil de Brusque.

Porém, após a publicação da notícia no site do Jornal Município Dia a Dia, Michele, anonimamente, deixou um comentário nesta quinta-feira, 29, afirmando que saiu de casa por conta das humilhações sofridas pelo marido.

Ela ressalta que ela e as filhas são vítimas do alcoolismo de Littes. “Eu e minhas filhas estamos muito bem”, garante Michele.

O último lugar pelo qual ela esteve com as filhas, segundo o comentário, foi na creche do bairro Limoeiro, de Itajaí, em que estuda uma das filhas.

A assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Educação de Itajaí afirma que Michele e as meninas passaram pelo local, na manhã de segunda-feira, 26, para se despedirem das professoras e funcionários.

Ela falou que a filha não voltaria a frequentar a escola, pois estava indo embora, porém não revelou os motivos da despedida.

Versão do marido

Segundo Joelso Littes, a esposa saiu apenas com a roupa do corpo, tanto dela quanto das filhas, e levou consigo os documentos pessoais. “Ela me ligou e avisou que iria ao mercado comprar produtos de limpeza, mas não voltou mais”, diz Littes.

O homem afirma que não havia nenhum problema familiar entre os dois, porém a mulher estava um pouco cabisbaixa nos últimos dias.

O casal teria vindo de Caçador, meio-oeste catarinense, para Brusque após a morte de um filho com deficiência física e do pai de Michele, no ano passado. “Viemos para cá para tentar desviar dos problemas emocionais, tentar uma vida nova”, comenta.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *