Mais de 400 pessoas prestigiam o Café de Natal do Clube de Mães da Apae Brusque

Evento foi realizado na tarde desta terça-feira, 8 , nas dependências da entidade

Imagem do Dia - Café Apae
-
Crédito: Guédria Motta

O primeiro giro da roda da fortuna trouxe sorte para Miriam Woitena, 58 anos. Ao lado da amiga Marina Montibeller, ela ganhou um presente durante o Café de Natal, realizado pelo Clube de Mães da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque, na tarde desta terça-feira, 8, nas dependências da entidade.

“Nós participamos todo mês do tradicional bingo da Apae, então não poderíamos perder o Café de Natal. O que nos motiva é mesmo a consciência de ajudar, fazer a nossa parte. E, claro, aqui a gente encontra os amigos, dá risadas. É muito bom”, descreve.

Assim como Miriam, mais de 400 pessoas participaram do evento, que contou com partidas de bingo, roda da fortuna e um delicioso café, abençoado pelo padre Rubens Rieg e pelo pastor Cláudio Schaeffer.

“Já faz mais de 20 anos que organizamos esse café. Ele começou miudinho e hoje tem a presença de mais de 400 mulheres. Assim que acaba a Festa da Apae, já começamos a programação desse evento, com o objetivo de fazer feliz o Natal das nossas crianças. Todos os anos a gente consegue atingir essa meta além das nossas expectativas, porque o povo brusquense é muito generoso. É difícil receber um não”, explica a presidente do Clube de Mães da Apae Brusque, Lucimar Mafra.

Segundo ela, cerca de 30 mulheres formam a equipe de voluntárias do Clube, que se reúne toda terça-feira, entre serviços de costura, bordado, crochê, produção de edredons, entre outros. Tudo é revertido para a entidade. Da mesma forma, o Clube de Mães recebe doação de prendas com a mesma finalidade. Nesta edição do Café de Natal, além dos presentes, foram doadas todas as tortas salgadas, os bolos, leite e café.

“Então temos um lucro líquido para fazer o Natal das nossas crianças. A confraternização dos alunos já integra a programação da entidade. O nosso papel é contar com o apoio de cada professora, para entender as necessidades dos alunos. Para alguns compramos roupas, para outros brinquedos, depende da necessidade. Às vezes, em casa, nosso aluno tem dois, três irmãos e a família é muito carente. Desta forma, também é feito para que o aluno, ao chegar em casa, possa levar um presente para os irmãos. Trabalhamos em parceria com a assistência social da Apae e de todas as professoras que identificam as necessidades”, ressalta Lucimar.

Para a presidente do Clube de Mães, o espírito do Natal começou na tarde desta terça-feira, com mais um evento realizado com sucesso. É a garantia que as voluntárias precisavam ter de que os alunos carentes da instituição vão viver um Natal cheio de alegrias para renovar a esperança na chegada de um novo ano ainda melhor. “Eu só tenho a agradecer nossa equipe, que se doa de coração. Agradecer também ao povo de Brusque, que já conhece o nosso café e, a cada edição, sempre traz mais alguém”, observa.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *