Mundo Senai abre as portas da instituição para a comunidade brusquense

Estudantes dos cursos do Senai desenvolveram 21 projetos com base no aprendizado em sala de aula

mundo senai 1 (Copy)
Alunos do curso de aprendizagem de desenhista de moda criaram seus próprios aventais -
Crédito: Bárbara Sales

Começou na quarta-feira, 28, e vai até as 20 horas desta quinta-feira, 29, o Mundo Senai. O evento ocorre anualmente em todas as unidades do país e tem como objetivo abrir as portas da instituição para mostrar tudo o que ela oferece para a comunidade e as indústrias.

Durante o evento, que é aberto para toda a população, ocorrem oficinas e palestras com diversos temas. Além disso, os estudantes dos cursos do Senai desenvolvem projetos e fazem demonstrações do conteúdo que estão aprendendo em sala de aula. “O Mundo Senai faz parte da situação de aprendizagem que é desenvolvida em cada curso. Aqui eles aprendem fazendo, não só na teoria”, diz a coordenadora de educação do Senai de Brusque, Osmarilda dos Santos Valle.

Nos dois dias do evento, a instituição pretende reunir mais de 3,5 mil pessoas. O local foi aberto para a visitação de escolas de Brusque, Guabiruba, Botuverá e Nova Trento. Os visitantes são guiados por grupos de estudantes que seguem um roteiro e demonstram as atividades desenvolvidas ao longo do ano em cada curso.

Alunos de escolas de toda a região visitaram o evento / Foto: Bárbara Sales

Alunos de escolas de toda a região visitaram o evento / Foto: Bárbara Sales

Para esta edição do Mundo Senai, foram desenvolvidos 21 projetos. Entre eles, estão os dos alunos do curso de eletricista e manutenção. O professor Marcelo Hilbert afirma que o desafio aos seus alunos foi dado há três meses e que todos os projetos desenvolvidos foram criados por eles, que tiveram apenas o suporte técnico. “Tudo isso é mérito dos alunos, que transformaram as ideias em projetos”, diz.

Estímulo para a criação

Na tarde de ontem, os alunos do curso de aprendizagem de desenhista de produto de moda apresentaram as suas criações. Sob a coordenação da professora Karin Regina Kohler Formonte eles desenvolveram o projeto Jogando na Cozinha, que consiste na criação e confecção de aventais, luvas e panos de louça inspirados em jogos que hoje muitos jovens não conhecem, como dama, pega vareta e mila.

“Montei a proposta do projeto e eles começaram a desenhar. Foi um trabalho realizado em grupo, com todos os alunos. Eles puderam ver na prática todos os processos de produção das peças. O resultado ficou incrível”.

A aluna Júlia Kohler, 14 anos, foi uma das participantes do projeto. Para ela, a proposta foi muito interessante, já que nunca tinha se envolvido em todo o processo de produção de uma peça. Já o aluno Mattheus Trindade, 16 anos, afirma que a atividade desenvolvida para o Mundo Senai o fez ter outra visão do mercado da moda.

“Aprendi que moda não é só o que a gente vê na passarela. Coisas simples do dia a dia como avental, pano de louça, toalha de mesa também tem moda”, diz.

A professora Karin também afirma que a atividade foi importante para desenvolver a criatividade dos alunos. “Somos uma cidade de produção, mas não criamos. Aqui estamos plantando uma semente. Aos poucos, eles estão vendo essa proposta da criação e assimilando que eles são capazes de criar. São alunos talentosos, que só precisam de orientação e conhecimento das técnicas”.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *