Palmeirenses comemoram o título do Brasileirão em Brusque

Torcedores do Verdão tomaram a rua Cônsul Carlos Renaux e a praça Barão de Schneeburg após a confirmação do título

-
Crédito: Matheus Obeidi/Especial

A festa da torcida palmeirense tomou o Brasil, e não poderia ser diferente em Brusque. Os apaixonados pelo Verdão acompanharam a partida contra a Chapecoense com olhos vidrados, esperando para soltar o grito entalado na garganta, com a chance de, 22 anos depois, ser sagrado campeão brasileiro.

Grande parte dos torcedores lotaram o bar Parada 550, o ‘point’ oficial da torcida verde e branca. Assim que o árbitro apitou o fim da partida, foi hora da carreata pela cidade. Muitos veículos com o hino oficial do clube e bandeiras estendidas deixaram a cidade mais verde e branca. Em seguida, foi hora de ‘dominar’ a praça Barão de Schneeburg.

A paixão pelo clube gerou um ambiente de confraternização no centro da cidade. Pessoas desconhecidas entre si comemoravam junto o título do time do coração, unidos pela paixão em comum. Contente com o título, o advogado Euclides da Silva Junior aproveitou para brincar com o Flamengo, time que há poucas rodadas também tentava o título. “Eles falavam em cheirinho, mas o cheirinho é de porco! O Palmeiras é o maior campeão do Brasil, é a melhor coisa do mundo torcer para esse time”, completa.

Para o torcedor, o time se completou e o diferencial, que levou à campanha brilhante, foi o elenco. “A equipe estava muito boa, o Palmeiras primou pelo elenco. O Jailson entrou depois da lesão do Prass, hoje quem fez o gol foi um jogador que não era titular, e por isso o time mostrou porque merecia ser campeão”, completa.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *