Participação de famílias é destaque na Festa da Apae de Brusque

Evento acontece neste fim de semana na sede da entidade, situada no Jardim Maluche

-
Crédito: Daiane Benso

Tradicional em Brusque, a 36ª Festa da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), que acontece neste fim de semana, é marcada mais uma vez pela massiva participação das famílias. O evento que comemora os 61 anos da entidade, também teve como ponto alto o culto ecumênico, celebrado por lideranças religiosas da igreja católica e das evangélicas Luterana e Calvário.

Além das atrações musicais, a Roda da Fortuna, Pescaria, as barracas dos estudantes e a do Clube de Mães da Apae também integram o festejo. Ainda são comercializados os pratos típicos de polenta com galinha, churrascos, cachorro-quente com duas linguiças, doces e café.

O presidente da Apae, Sebastião Ernani Poia, afirma que um dos momentos mais especiais da festa foi o culto, que aconteceu neste sábado, 17. “É tão bonito essa interação das religiões, pois de nada adiantaria se não tivesse a fé, a benção de Deus para poder realizar todo este trabalho aqui na entidade”.

Ele diz que as famílias, tanto de pais dos alunos como da própria comunidade brusquense, engrandecem o evento. “A cada ano aumenta a participação das famílias, e o sucesso da festa é o resultado disso. São eles que nos enaltecem e nos dão força para continuarmos o trabalho”.

Uma das famílias especiais que compareceu à 36ª edição da festividade foi a Barni. Elídio e Clara Cristina da Silva Barni, do Souza Cruz, são pais de Jean Carlos, 40 e Rita de Cássia, 29 – ambos alunos da Apae. Eles contam que até hoje os médicos não apresentaram um diagnóstico preciso dos que os filhos possuem e que optaram em trazê-los para a instituição para que pudessem melhor se desenvolver.

A família, que morava em Vidal Ramos, então se mudou para Brusque há 30 anos para poder oferecer mais qualidade de vida aos filhos. Atualmente, Rita de Cássia frequenta à entidade todas as tardes e Jean Carlos o dia todo. A mãe diz que o filho mais velho ama a Apae e que quando não poder vir fica triste. “O Jean ama as pessoas, o lugar. Aqui não é nem a segunda casa dele, é a primeira”, diz Clara Cristina, que completa: “A Apae é um ambiente cheio de amor e pra nossa família é muito importante. Sem dúvida um dos locais mais especiais pra nós”.

Idney José da Silva, voluntário na Apae há mais de dez anos, colabora no evento prestando o serviço de caixa na venda do artesanato do Clube de Mães. Ele conta que a esposa também é voluntária e que não há palavras para descrever o quanto é gratificante se doar por essa causa. “Não tem preço ver a alegria destas crianças. Fazendo alguma coisa pela entidade estou contribuindo para torná-los felizes”.

A presidente do Clube de Mães, Lucimar da Silva Mafra, é voluntária há mais de 30 anos na Apae. Ela diz que seu filho de 39 anos apresentou problemas de aprendizagem aos sete e lhe indicaram à entidade. Desde então, ela tem trabalhado em conjunto com mais 25 mães para arrecadar fundos para a instituição. Durante a festa são vendidos diversos artesanatos – bordados, crochês, costuras, jogos americanos, sacolinhas, toalhas de prato, que variam de R$ 5 a R$ 50. “Eu falo que é uma cachaça, a gente começa a se envolver e não para mais, é um trabalho gratificante. Toda a arrecadação fica na Apae”.

O trabalhado das colaboradoras do Clube de Mães é realizado toda a terça-feira, das 13h às 17h. Encomendas de artesanato também são aceitas.

Associação

A Apae de Brusque foi a primeira entidade de Santa Catarina e a segunda a ser fundada no país. Atualmente são atendidos 280 alunos e realizados mais de 2 mil atendimentos mensais na Clínica UniDuniTê, que realiza gratuitamente os Testes do Pezinho e Orelinha, em todas as crianças nascidas em Brusque, Guabiruba e Botuverá. Além disso, para promover todo o trabalho, a associação conta com 37 profissionais.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *