Pontos próprios para banho no litoral de Santa Catarina superam os 80%

Em relação ao relatório anterior, três pontos passaram para impróprios e 11 para próprios

praia
Ao todo, 211 pontos são avaliados pela Fatma -
Crédito: Divulgação

O relatório mensal de balneabilidade, divulgado pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) na última semana, aponta que 82,9% dos pontos analisados estão próprios para banho. Nos 114 pontos analisados, 83,8% estão próprios para banho.

As coletas foram feitas durante o mês de setembro, exceto em Garopaba, Laguna, Imbituba e Jaguaruna. Nestes locais, a análise ainda está em andamento e os resultados serão divulgados em um relatório complementar nesta semana. A balneabilidade dos pontos desses municípios ainda é referente a agosto. Ao todo, 211 pontos são avaliados.

Em relação ao relatório anterior, três pontos passaram para impróprios e 11 para próprios. O técnico de laboratório da Fatma, Marlon Daniel da Silva, informa que é comum a melhora das condições de banho nesta época do ano. “Para saber se um ponto é próprio ou não, analisamos os dados das últimas cinco coletas. Como fora da temporada os relatórios são mensais, os números referem-se aos últimos cinco meses, bem no período do inverno em que há menos pessoas nas praias. Daqui para frente, as análises devem apresentar números constantes de balneabilidade”.

O técnico de laboratório da Fatma salienta ainda que é importante o banhista verificar no site da fundação (www.fatma.sc.gov.br) ou no aplicativo Natureza Interativa as condições das praias. A Fatma segue as diretrizes do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para fazer a balneabilidade.

Cabe à Fundação, monitorar e divulgar os relatórios. As coletas são realizadas e, para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, é analisada a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos e que pode causar doenças. Quando em 80% das análises, a quantidade de bactérias ficou inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio.

As análises são feitas nos municípios de Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Balneário Camboriú, Bal. Da Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Governador Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *