Principais operadoras confirmam 4G em Brusque em breve

Oi, Tim e Claro devem começar a operar em dezembro; Vivo já está em fase de implantação

smartphone
Tecnologia 4G permite maior velocidade -
Crédito: Arquivo Município

Mais rápida do que a internet 3G convencional, a 4G deverá chegar a Brusque em até dois meses. Três das maiores operadoras de telefonia móvel confirmaram ao Município Dia a Dia que têm planos de ofertar a nova rede de dados até dezembro, e uma informa que será “em breve”.

A cidade será uma das últimas do Vale do Itajaí a ter acesso à tecnologia, as operadoras já oferecem o serviço em Gaspar, Blumenau, Balneário Camboriú e Itajaí.

Clientes da Vivo já captam o sinal de 4G em Brusque, no entanto, a operadora afirma que ainda está em fase de implantação, ou seja, trata-se de uma versão de teste. Leitores entraram em contato com o Município Dia a Dia e relataram a novidade.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Telefônica, empresa que controla a Vivo, informa que a 4G estará em funcionamento no município “em breve”. A previsão informal é de que até o fim do ano esteja em funcionamento efetivo.

Outra operadora que já tem autorização para operar com a nova rede de dados é a Claro, que tem como uma das suas maiores bandeiras a oferta de conexão de alta velocidade. A empresa também confirma que tem planos de operar em Brusque.

“O município de Brusque faz parte do cronograma de expansão do 4G da operadora, que já está trabalhando na infraestrutura necessária e que deverá disponibilizar, comercialmente, a tecnologia em breve”, comunica a Claro.

Uma das maiores operadoras do país em número de clientes, a Tim diz que implantará a rede de dados de alta velocidade ainda neste ano. “A previsão para a implantação da rede 4G da Tim em Brusque é até o dia 31 de dezembro”.

“Atualmente, na cidade, a operadora possui oito estações com equipamentos 3G e oito estações com equipamentos 2G. No próximo semestre, a Tim irá dobrar suas estações de terceira geração (3G) em Brusque”, continua a operadora.

A Tim ainda reforça que investiu na ampliação da rede 4G, e o resultado é que a operadora saltou de 25 para 52 cidades cobertas. A previsão é encerrar o ano com mais de 60 municípios com a internet de quarta geração. Segundo a operadora, isso a colocará como líder do segmento no estado.

Por fim, a Oi – que está em processo de recuperação judicial e tenta se manter competitiva no mercado – também estipula dezembro deste ano como o prazo final para 4G em Brusque.

“A Oi informa que cumpre o cronograma de obrigações estipulado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e acrescenta que a previsão de disponibilizar a cobertura móvel 4G na cidade de Brusque é de até dezembro de 2016”, diz, através da assessoria da empresa.

Na mesma nota, a operadora afirma que investiu mais de R$ 67 milhões na ampliação da infraestrutura de 2G e 3G em Santa Catarina, atendendo até mesmo Brusque.

“Com uma estratégia de investimento focada no uso mais eficiente dos recursos, a Oi tem conseguido aumentar a capacidade de infraestrutura de transporte de dados e melhorar a qualidade da rede móvel, desenvolvendo projetos estruturais, que ampliam a capacidade da rede e permitem atender ao aumento constante do tráfego de dados”, diz o comunicado.

Demanda já existe

Carla Carvalho, vendedora da Ciacell, representante da Vivo em Brusque, diz que ainda não existe uma data específica para a chegada da 4G, no entanto, a rede já funciona no município, em fase de testes.

Segundo a vendedora, muitos clientes já procuram planos 4G, apesar do serviço não estar disponível em Brusque, motivados pela publicidade da empresa.

O mesmo cenário repete-se na Mohr, representante da Tim no município. Maiara Gonçalves Franco, vendedora, afirma que a demanda por planos, aparelhos e chips 4G já é considerável, pois os brusquenses percorrem as cidades da região onde já há a quarta geração de internet móvel. “A maioria dos clientes já fez a troca do chip 3G para 4G”, diz.

Para operar com o 4G, não basta ter um plano, é necessário também ter um aparelho e um SIM compatíveis. Carla ressalta que apenas aparelhos “top de linha” podem aproveitar 100% do potencial da tecnologia. Os medianos captam o sinal, mas não o utilizam por completo.

Mercado promissor

O gerente de negócios da Claro para o DDD 47, Djonatha Ewald, diz que os planos 4G já são comercializados pela Claro em Brusque. Segundo ele, a cidade tem um grande potencial, por isso a empresa resolveu investir.

“Estamos entrando em Brusque [com a 4G] por causa do índice de mercado. A população consome muitos dados”, afirma o gerente. Além disso, a posição geográfica de Brusque também contribuiu.

Segundo Djonatha, os brusquenses vão muito ao litoral, onde a 4G também vai começar a funcionar em vários municípios. A Claro visa atender à demanda desses veranistas e de quem fica em Brusque.


4G


4G (2)

Atualizado às 9h10 de 10/11/2016

1 Comentário

  1. Avatar
    Litle Raimundo novembro 10, 2016

    Até lá continuo usando a internet via orelhão 5G , é grátis, barato e o sinal é tipo velozes e furiosos. 60 anos de tencnologia à frente dessas operadoras.
    Eu hein…usem seus neurônios. É tudo tão descomplicado.
    Aff…chega de desenhar idéias.
    -As pessoas cada vez mais viciadas no edita, copia e cola.
    #Thug Life pra quê?

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *