Reitor da Unifebe será premiado no México nesta sexta-feira, 25

Projeto de Günther Lother Pertschy foi escolhido como o melhor das Américas pela Organização Universitária Interamericana

reitor (Copy)
Reitor da Unifebe receberá prêmio no México nesta semana -
Crédito: Daiane Benso

Um projeto sobre Educação a Distância, do reitor do Centro Universitário de Brusque (Unifebe), Günther Lother Pertschy, foi escolhido como o melhor das Américas neste ano pela Organização Universitária Interamericana (OUI – Iohe), responsável pelo Programa do Instituto de Gestão e Liderança Universitária (Iglu). Por isso, nesta sexta-feira, 25, o professor brusquense receberá em Guadalajara, no México, durante a 36ª Assembleia Geral de Membros da instituição, o Prêmio Gilles Boulet 2016 – que leva o nome do presidente fundador da OUI- Iohe.

Reconhecida internacionalmente por sua contribuição à criação de espaços comuns de ensino superior nas Américas, a organização incentiva as Instituições de Ensino Superior (IES) a participar do debate cooperativo e fornece os meios necessários para a implementação de estratégias inovadoras, além de articular com seus membros e outros aliados estratégicos.

O reitor da Unifebe conta que iniciou o curso no Iglu em 2015, no México. Durante uma semana teve aulas presenciais em Monterrey e realizou mais 12 módulos no Brasil. Posteriormente, apresentou o trabalho “Projeto de Implantação do Sistema de Educação a Distância (EAD) na Unifebe como modalidade sincronizada com as tendências e exigências metodológicas do Ensino Superior”, na Universidade Autônoma de Guadalajara (UAG).

A capacidade de execução, viabilidade da aplicação e impacto previsto no futuro foram itens avaliados para que o projeto fosse premiado. Pertschy receberá medalha e certificado. Para ele, o reconhecimento foi uma surpresa, já que sua principal intenção foi fazer o programa de liderança universitária para se preparar e fazer uma boa gestão na Unifebe.

“Recebo o prêmio com muita satisfação e orgulho, porque é o reconhecimento pelo trabalho de qualidade e com uma visão inovadora que a nossa equipe vem desenvolvendo na Unifebe, e que foi reconhecida perante a maior organização universitária das Américas. Dedico este prêmio aos colaboradores da instituição e aos que investem em pesquisa e desenvolvem a liderança inovadora e sustentável nas organizações”.

O professor ressalta que o projeto também foi avaliado positivamente pelo Ministério da Educação. Segundo ele, recentemente a Unifebe recebeu uma comissão avaliadora, e em uma escala de 1 a 5, obteve nota 4. “Com isso poderemos viabilizar cursos na modalidade de EAD”, conta.


Integrante da OUI-Iohe

Outra novidade é que agora, após convite do OUI-Iohe, a Unifebe passou a integrar a organização educacional, que reúne atualmente mais de 355 universidades das Américas.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *