“Rotas do Itajaí” coleta dados para impulsionar turismo em Brusque e região

Objetivo do projeto é observar as boas práticas do turismo

_MG_0874

Suellen Pereira Rodrigues

Brusque

Após conhecerem os principais atrativos turísticos do Rio de Janeiro, o grupo de estudos “Rotas do Itajaí” do curso de Administração do Centro Universitário de Brusque – UNIFEBE agora fará a tabulação dos dados coletados de 18 a 21 junho, visando impulsionar o turismo de Brusque e região.

A segunda edição do projeto contou com a participação da coordenadora do “Rotas do Itajaí” Rosemari Glatz, o coordenador de Administração Sidnei Gripa, acadêmicos dos cursos de Administração, Engenharia de Produção, Engenharia Civil, Processos Gerenciais, egressos, o secretário de Turismo de Botuverá Jeferson André Mariani e o diretor de Turismo de Guabiruba Sidnei Dematé.

O grupo passou por Petrópolis, onde realizou uma visita técnica às cervejarias Itaipava e Bohemia, e depois assistiu uma palestra com a administradora e presidente do Petrópolis Convention e Visitors Bureau, Camila Thees.

Depois, seguiram para a cidade Maravilhosa. Na capital do Rio de Janeiro, os integrantes do projeto visitaram o Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Maracanã e fizeram um city tour pela cidade.

Tabulação de dados

Com foco voltado em observar as boas práticas do turismo, a viagem de estudo teve sua metodologia estruturada em cinco etapas: pré-viagem, pesquisa de campo, avaliação, sistematização das informações técnicas e disseminação. Durante as visitas e passeios, o grupo avaliou a qualidade dos serviços prestados, como: hospedagem, transporte, alimentação, preparação, etc.

“No decorrer da viagem de estudos, os participantes registram suas percepções dos espaços e estabelecimentos visitados em um questionário que é especificamente desenvolvido para a viagem”, explica Rosemari.

Para o estudante da 5ª fase de Administração Leandro Fantini, a experiência adquirida durante o projeto irá beneficiá-lo na vida profissional. “Conhecemos outra realidade, tanto financeira da região, quanto cultural. Uma experiência como essa só foi possível pelo comprometimento de todos. É um conhecimento que irá caminhar conosco pelo resto da faculdade e de nossas vidas, conhecer a Itaipava, Bohemia e a cidade do Rio nos proporcionou uma visão mais detalhada dessa linda cidade que já foi capital de nosso pais”, avalia.

Turismo na região

Para o secretário Mariani o projeto da UNIFEBE é importante por ajudar a impulsionar o turismo da região. “A realidade do Rio de Janeiro é completamente diferente da nossa cidade, comparar 6 milhões de habitantes com 4,5 mil habitantes, mas claro que a gente aproveita muitas informações, já que estamos em fase final de um projeto para reestruturar o turismo em Botuverá”, conta.

Participante do projeto desde a primeira edição, quando o grupo visitou a Serra Gaúcha, o diretor de Turismo de Guabiruba Dematé conta o que já foi aplicado na cidade a partir do “Rotas do Itajaí”.

“Da viagem para a Serra Gaúcha, foi extraída a qualidade do roteiro, tempo de duração e outros detalhes. E no dia 10 de junho, nós lançamos em Guabiruba um roteiro que conta um pouco de cada segmento que temos hoje no município”, conta.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *