Setembro registra chuva menor que a média para o mês em Brusque

Defesa Civil indica que volume até o momento é de 66mm, enquanto a média é de 144mm

estiagem (Copy)
Rio Itajaí-Mirim sente efeitos da pouca chuva -
Crédito: Ciro Groh / Blog Observador do Tempo

O volume de chuva em Brusque e região está abaixo da média histórica para setembro, de acordo com dados da Defesa Civil do município. As estações do órgão indicam que choveu, até o momento, 66 milímetros, enquanto que a média é de 144mm.

Os dados podem ser comparados com os registros históricos. Segundo a Defesa Civil, setembro de 1994 foi o mês com menor volume de chuva: 34,6mm. Em 2012, um ano depois da enchente, novamente o montante foi pequeno: 74,4mm.

Edevilson Cugik, agente da Defesa Civil, diz que os dados indicam que não chega a ser uma novidade setembro ser um mês seco. “Segundo a Epagri, é por causa da mudança do El Niño para La Niña”, explica.

O mês seco chama a atenção porque foi em setembro que aconteceram algumas enchentes na história recente do Vale do Itajaí. Em setembro de 2011 e de 2013, por exemplo, o rio Itajaí-Mirim transbordou depois de muita chuva.

Mudanças

O fenômeno La Niña provoca uma alteração no padrão das chuvas. E isto afetou não só o Vale do Itajaí, mas o estado todo. O meteorologista Ronaldo Coutinho, da Climaterra, afirma que há regiões catarinenses que já começam a se preocupar com os efeitos do clima na safra de 2016/2017.

Coutinho diz que, desde maio, já se antevia que a primavera seria mais seca do que o normal. “Estamos sofrendo o efeito da La Niña, com chuva mais irregular. Outra coisa é que não houve os temporais característicos dessa época”.

Segundo o meteorologista da Climaterra, a previsão indica que as chuvas devem continuar irregulares até o próximo inverno.

Marcelo Martins, meteorologista da Epagri/Ciram, diz que setembro foi mais seco em Santa Catarina por causa de várias massas de ar seco. Houve, em Brusque, vários episódios de rajadas de vento, reflexo das massas. Segundo ele, choveu apenas 40% do que deveria para todo o estado.

Histórico

Ciro Groh, blogueiro do Município Dia a Dia que possui réplicas de estação meteorológica em Brusque, também registrou o volume de chuva abaixo do normal. Enquanto o mais comum para setembro é chover acima de 150mm, ele registrou que caiu entre 50mm e 60mm de água até o dia 27.

Ainda conforme Groh, os últimos três anos foram bem mais chuvosos. Em 2013, caiu 268mm de água; em 2014, 186,1mm de água, e, em 2015, 192,9mm.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *