Acusados de cometerem diversos roubos na região são detidos, em Guabiruba

Thiago Melo Rosa, 21 anos, e um adolescente de 17 foram detidos após assaltarem uma pessoa

-
Crédito: Polícia Militar / Divulgação

Após uma denúncia anônima para o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) na tarde desta sexta-feira, 16, Thiago Melo Rosa, 21 anos, e um adolescente de 17, foram capturados.

Eles são acusados de cometerem diversos assaltos em Brusque e Guabiruba nos últimos dias. Uma testemunha informou para a PM que os criminosos haviam assaltado uma pessoa, na rua Nicolau Schaefer, no bairro Imigrantes.

De acordo com a denúncia, os dois assaltantes moravam numa casa aos fundos do local do crime. Com as informações detalhadas, os policiais foram até o endereço e encontraram os suspeitos. Durante a abordagem, foi localizado um bastão de metal próximo de Rosa.

Ao serem indagados sobre o crime, eles confessaram não somente o roubo contra a pessoa minutos antes, como também os assaltos nas padarias Russi Pães, da rua São Pedro, e na padaria do bairro Limoeiro, ocorridos na manhã de quinta-feira, 15.

Também, contaram sobre o crime cometido na lanchonete da rua Frederico Petruski, no bairro Guarani, na noite de quarta-feira, 14.

Segundo informações da Polícia Militar, após o assalto na lanchonete, os dois ainda teriam parado em outro estabelecimento para fazer um lanche e comemorar o crime.  Há indícios sobre outros roubos cometidos por eles, mas que ainda sendo apurado das polícias Militar e Civil.

Aos policiais, os acusados afirmaram que só não cometeram mais roubos, porque esperavam passar as 48 horas para não ser mais considerado flagrante.

A mãe do adolescente esteve na Delegacia de Polícia Civil de Brusque. Ela afirmou que este não é o primeiro crime do filho e diz não saber mais o que fazer com o rapaz. A mãe ressaltou que aguarda um processo na Justiça para então tentar internar o adolescente.

“Eu queria mesmo é que ele ficasse preso, mas é menor de idade, ai se junta com essas más companhias e fica aprontando por ai”, lamenta.

O proprietário da padaria Russi Pães também esteve na delegacia e reconheceu os dois como sendo os criminosos que fizeram o roubo em seu estabelecimento.

A promotora Susana Perin Carnaúba também foi até à delegacia para agilizar o processo e ouvir os depoimentos da mãe e do adolescente.

Para a Polícia Militar, a participação da comunidade é muito importante para o trabalho policial, pois com as informações concretas da localização dos dois acusados foi possível a captura. Caso contrário, ainda não teriam conseguido chegar aos suspeitos.

6 Comentários

  1. Avatar
    Dore setembro 16, 2016

    Agora é só dar um chá de sumiço nos dois. Façam esse favor, policiais! A população está IMPLORANDO! Matem mesmo, joga pros peixes… Esses aí já são malandros mesmo que já tem os próximos assaltos planejados na cabeça com mais raiva ainda porque foram pegos… Pode matar! Diz que foi briga na cadeia, que pegou uma infecção, que se enforcaram! Mas MATEM!

    • Avatar
      panda. setembro 17, 2016

      Em VEZ DE PEDIR PARA MATAR OS DOIS BANDIDOS que tal começar votando em um Candidato a prefeito e vereador que tenha uma boa proposta para a cidade… com esse pensamento de morte você não vai contribuir em nada, fora que se um policial matar algum criminoso é condenado pelo ato podendo até mesmo perder a função… e como já não temos muito um policial a menos faz falta,

      Criminosos são como ervas daninhas você arranca uma nave varias, não adianta matar criminosos precisamos mudar as leis desses pais, começando pela diminuição da maioridade penal…o depoimento da mãe está ai para confirmar, oque fazer com um marginal juvenil?..

      • Avatar
        Patrícia setembro 19, 2016

        Com certeza se vc tivesse uma arma apontada para sua cabeça iria mudar de opinião…

    • Avatar
      marta edite borges setembro 19, 2016

      eu espero que vc tenha filho, e se não tiver, que o tenha , e quando isso acontecer com o teu, quero ver se tu vai mandar matar

  2. Avatar
    Jagunço setembro 16, 2016

    Enquanto o governo não dá conta de resolver as origens desses problemas pra cortar o mal pela raíz, a única forma de começar a mudar e dar a todos um lugar mais seguro pra viver, é ELIMINANDO essas pessoas da sociedade. Elas não contribuem em nada, apenas o oposto total à isso. Bandido bom é bandido morto!

  3. Avatar
    marta edite borges setembro 19, 2016

    é tão facil condenar quando não é com vc, não é?
    eu sou a mãe do menor, que teve uma vida dificil, o pai se suicidou quando ele tinha apenas 5 anos, ja passou por psicologa, que não adiantou nada, ela só diz que le age assim por causa da morte do pai, dai o guri ia bem, tava trabalhando, dai veio o conselho tutelar e fez ele ser demitido, pq ele era menor e não podia trabalhar, é mole, dai fazer o que?
    o pia vai pra rua, dai conhece essa raça ruim, que da a adeia, e a cabeça é fraca, vai, ainda tem as malditas drogas. Mas se a justiça desse pais funcionasse, estamos aguardando uma audiencia desde junho, e ate agora nada, se tivesse saido ele ja estava internado, e não por ai aprontando. não vou passar a mão na cabeça do meu filho, que le fez errado, e tem que pagar, só não fiquem mandando matar , imagine se fosse o filho de vcs, se ponham no meu lugar.peço mil desculpas as vitimas, e que Deus abençõe a todos.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *