Testes para detectar a Hepatite C serão realizados gratuitamente em Brusque

Campanha Hepatite Zero reunirá profissionais de saúde neste sábado, 5, na praça Barão de Schneeburg

Hepatite (Copy)
Testes para detectar a Hepatite C serão realizados gratuitamente em Brusque neste sábado, 5 -
Crédito: Divulgação

Com o objetivo de conscientizar a população a fazer exames para diagnosticar a Hepatite, será realizada neste sábado, 5, a campanha Hepatite Zero. A mobilização ocorre das das 8h às 17h, na praça Barão de Schneeburg, no Centro de Brusque. Neste período, duas enfermeiras farão testes gratuitos para detectar a Hepatite C.

A campanha é realizada em todo país pela Associação Brasileira de Portadores de Hepatite (ABPH), Fundo Mundial de Hepatite (WHF) e Rotary Internacional. Em Brusque, a Hepatite Zero tem o apoio do Rotary Club, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Hospital Azambuja.

O médico Antônio Custódio de Oliveira Filho, membro do Rotary e um dos coordenadores da campanha em Brusque, diz que o objetivo é alertar a população do município e da região para a importância de fazer os exames e, se o resultado for positivo, tratar a doença o mais rápido possível. Ele explica que a Hepatite C é uma doença viral que leva à inflamação do fígado e raramente desperta sintomas. Segundo o médico, a maioria das pessoas não sabe que tem a doença, e muitas vezes descobre por meio de uma doação de sangue, pela realização de exames de rotina ou quando aparecem os sintomas da doença já em estágio avançado no fígado, o que geralmente acontece décadas depois.

Oliveira Filho destaca que o teste é primordial, já que diagnosticada precocemente, a Hepatite C tem cura. Além disso, com a chegada de novos medicamentos ao mercado, o tratamento é ainda mais eficaz. No caso da Hepatite tipo B, há vacina que previne e um remédio que elimina o vírus completamente, o qual deverá ser aprovado nos próximos anos.

O médico afirma ainda que a prevenção da Hepatite C – um dos três tipos mais comuns de hepatite e considerado o pior deles -, exige cuidados simples, como a utilização de alicates esterilizados em salões de beleza e agulhas descartáveis em estúdios de tatuagem.

Pessoas infectadas

De acordo com o Fundo Mundial para a Hepatite da Organização das Nações Unidas, cerca de 500 milhões de pessoas no mundo estão infectadas com os vírus para Hepatite B e C, e apenas 5% delas sabem que tem a doença. No Brasil, existe cerca de 1,5 milhão de pessoas infectadas pela Hepatite C, doença responsável por 70% das hepatites crônicas e 40% dos casos de cirrose, segundo dados do Ministério da Saúde. Mais de 80% dos casos mais graves de doenças do fígado, como a cirrose, o câncer e os transplantes de fígado são provenientes das Hepatites B e C.


Fique atento

A campanha Hepatite Zero será realizada neste sábado, 5, na praça Barão de Schneeburg, das 8h às 17h, durante o Sábado Fácil.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *