Ukulele e cajon estão entre os instrumentos musicais mais vendidos em Brusque

Vendas em lojas especializadas ficaram abaixo do esperado neste ano

ukulele
-
Crédito: Divulgação

O setor de venda de instrumentos musicais tocou uma nota mais baixa neste ano por causa da crise financeira. Lojas especializadas tiveram um ano difícil, em que praticamente somente produtos mais baratos tiveram saída. O violão é o campeão de vendas.

A V.Kings, no Azambuja, teve um ano complicado, segundo o sócio Valcemir Reis, o Mimi. “Este ano, dos 18 anos que temos de V.Kings, certamente foi o mais fraco de todos. Isso deve ser o impacto da crise”, diz.

Violão é o campeão de vendas nas lojas do município / Foto: Marcos Borges

Violão é o campeão de vendas nas lojas do município / Foto: Marcos Borges

Na avaliação de Reis, com o dinheiro curto no bolso, as pessoas cortaram o que é supérfluo. “Lógico que as pessoas não vão deixar de ir no mercado ou médico e cortam o que consideram um luxo”, afirma o sócio da loja.

Ainda que as vendas tenham ficado abaixo do esperado, houve saída de seminovos e de alguns novos. Na V.Kings, o produto campeão disparado de vendas é o violão. Além dele, o cajón também vendeu bem.

Reis diz que a loja está investindo em novos eventos e ações para atrair mais clientes e melhorar o desempenho. “A crise nos deixou mais alertas para criarmos mais eventos e agregar mais valor a outros serviços. Montamos um estúdio de audiovisual onde temos várias bandas que ensaiam e gravam”.

Os funcionários também estão passando por uma reciclagem. Nesta semana, eles participarão de um workshop com três músicos.
O cenário de vendas fracas também se repetiu na Multisom de Brusque. Segundo a gerente Rafaele de Aquino, o volume de instrumentos comercializados está abaixo de outros anos.

Já Bryan William, vendedor da Mohr, diz que o ano não foi tão ruim. Na avaliação dele, mesmo com a crise, as pessoas têm o desejo de aprender música.

Boa parte dos clientes da Mohr é formada por estudantes iniciantes. Eles procuram violões, guitarras e baterias, os campeões de vendas. Mas o tradicional acordeon também tem boa saída. Os instrumentos mais vendidos ficam na faixa dos R$ 300 a R$ 600.


Instrumentos curiosos

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O ukulele, um instrumento havaiano parecido com um cavaquinho, está entre os mais pedidos deste ano na Multisom de Brusque. O aparelho tem ganhado as redes sociais, com vídeos de pessoas interpretando músicas famosas.

O cajón (fala-se “carron”), uma espécie de caixa na qual o músico bate para emitir o som, também está entre os mais vendidos, mas na V.Kings. O aparelho é originário do Peru colonial.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *