Zen é eleita uma das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil

Indústria brusquense foi reconhecida pelo tradicional ranking da revista Você S/A

zen (Copy)
Estudo é realizado com base no Índice de Felicidade no Trabalho -
Crédito: Nando Hellmann/Divulgação

A Zen SA entrou pela primeira vez no ranking das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil, da revista Você S/A. A maior fabricante independente de impulsores de partida do mundo ficou com a segunda colocação entre as empresas do ramo siderúrgico, a frente de grandes e expressivas corporações.

O estudo da qual a empresa brusquense faz parte tem como base o chamado Índice de Felicidade no Trabalho, que avalia itens como condições do ambiente organizacional, investimentos em treinamentos e qualificação de pessoas, além de quesitos técnicos que caracterizam uma gestão consistente e sustentável.

O presidente da Zen, Gilberto Heinzelmann, comemora o resultado obtido pela empresa. De acordo com ele, este é o reconhecimento de um trabalho de anos. “Em 2012 traçamos alguns objetivos, coisas que gostaríamos de alcançar. Trabalhamos na nossa missão, na nossa visão e também demonstramos a vontade de fazer parte deste ranking das 150 melhores do Brasil porque acreditamos que de todas as premiações, a da revista Você S/A é a mais sistemática no sentido de avaliar as melhores práticas de recursos humanos e como avaliar a felicidade no ambiente de trabalho”.

Desde então, a empresa buscou aperfeiçoar as suas práticas de recursos humanos e realizar pesquisas de satisfação entre os colaboradores para avaliar seus pontos fortes e fracos e onde era possível melhorar o ambiente de trabalho. “Após todo esse período, tivemos a grata satisfação de sermos escolhidos entre as melhores empresas, confirmando que o que adotamos como prática de recursos humanos foi uma escolha acertada. Todas as melhorias, os desdobramentos, foram reconhecidos pelos colaboradores. Estamos muito orgulhosos disso e compartilhamos esse reconhecimento com todos os colaboradores”.

Heinzelmann destaca ainda a maneira com que a empresa tem passado pela crise econômica. Mesmo com a situação difícil, os colaboradores se sentem seguros e felizes dentro da empresa. “As empresas foram reconhecidas não porque estão imunes a crise, mas porque tem uma política consistente, conseguem manter essa política e esse respeito às pessoas mesmo em situações adversas. Mesmo que a situação econômica exija redução de quadro, de jornada, a forma com que a empresa faz é muito mais importante do que o fato em si”.

Acima da média

Em números, o reconhecimento da empresa pelos colaboradores se torna ainda mais evidente. Em confiança na empresa, o percentual de percepção obtido pela Zen foi de 93,3%, contra 90,6% de média das outras participantes. Em oportunidade de crescimento de carreira, a pontuação atingida pela companhia brusquense foi de 84,4%, ante 79,6% das outras empresas. Já o índice relacionado ao reconhecimento das pessoas buscando melhorar o que fazem continuamente ficou registrado em 87,2% para a Zen, e 84,9% para as demais empresas avaliadas.

O ranking

Considerado o mais completo levantamento de clima organizacional do país, o ranking é realizado com base na metodologia elaborada pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Nele são avaliadas empresas de todos os segmentos e tamanhos, nacionais e multinacionais instaladas no Brasil. Isso significa que a Zen está entre as companhias que mais valorizam seus profissionais, se preocupando em criar um ambiente de trabalho agradável e investindo no aperfeiçoamento profissional de todos.

Mais prêmios

Além da premiação da revista Você S/A, a empresa brusquense também conquistou outros prêmios. Na quinta-feira, 20, a Zen recebeu o prêmio da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) de melhor empresa em educação corporativa, na categoria grandes empresas.
A indústria também irá receber nos próximos dias, o prêmio da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-SC), na categoria gestão de pessoas e socioambiental.

Sem Comentários

Sem Comentários!

Não existem comentários ainda, mas você pode ser o primeiro a comentar esta notícia.

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *